Exportar registro bibliográfico

Assembléias de répteis e anfíbios do Cerrado ao longo da bacia do rio Tocantins e o impacto do aproveitamento hidrelétrico da região na sua conservação (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: PAVAN, DANTE - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: RÉPTEIS; ANFÍBIOS; CERRADO
  • Language: Português
  • Abstract: A herpetofauna do Cerrado foi investigada ao longo de extensa área da bacia do rio Tocantins de três formas distintas e complementares. Primeiro, uma amostragem rápida realizada em 11 áreas situadas entre o Planalto Central em Goiás e o norte da depressão do Tocantins na divisa dos estados de Tocantins e Maranhão obteve dados menos completos, porém em toda a extensão estudada. Segundo, na parte central da área a UHE LEM, foi intensamente amostrada, obtendo-se uma lista completa de espécies para a área e dados sobre sua distribuição na paisagem. As informações reunidas também permitiram identificar alguns dos impactos causados pelo empreendimento. Terceiro, nesta área, seis pontos foram amostrados bimestralmente ao longo de três anos, permitindo obter informações mais finas sobre o efeito do habitat, da sazonalidade e do deslocamento da fauna pelo enchimento do reservatório nas assembléias de anuros e lagartos. Os dendrogramas construídos com índices de similaridade de Jaccard entre áreas do Cerrado e de outras paisagens neotropicais adjacentes relativamente bem amostradas indica que a fauna de serpentes, lagartos e anuros do Cerrado forma um grupo em relação outras paisagens, subdivido em dois grupos. Um deles está asssociado às depressões de baixa altitude, o outro aos planaltos centrais ou meridionais. No norte do Cerrado a riqueza de espécies é maior, ocorrendo espécies compartilhadas com a Amazônia ou com a Caatinga. No sul, ocorrem espécies comdistribuição meridional. O número de espécies geralmente aumenta das áreas meridionais mais áridas para as áreas mais chuvosas próximas ao Equador. Os grupos aquáticos, fossoriais e arborícolas são especialmente mais diversos nas áreas equatoriais. O Cerrado da Depressão do Tocantins é, após as áreas Amazônicas, geralmente a área mais rica em espécies. Lagartos de alta temperatura corporal são mais freqüentes nos cerrados ) abertos situados nos interflúvios; espécies mais sensíveis a desidratação e de menor temperatura corporal ocorrem nas florestas de fundo de vale. No baixo curso dos rios, nas planícies aluviais e terraços registraram-se abundâncias elevadas de anuros de reprodução aquática, que usam habitats abertos ou florestados. Nas áreas de relevo mais encaixado das cabeceiras estes espécies são menos freqüentes. Os lagartos são menos afetados pelas sazonalidade climática que os anuros. Na estação chuvosa, especialmente em dezembro, ocorreram picos de freqüência de ocorrência, de atividade e maior riqueza de anuros. A reprodução e os nascimentos ocorrem concentrados na estação chuvosa na maioria das espécies, mas esta é especialmente mais concentrada nesta época nos anuros. A diferenciação filogenética dos nichos termo-hídricos das espécies de anuros e lagartos nas assembléias permite a partilha de recursos no tempo e no espaço. Os nichos termo-hídricos das espécies variam entre espécies com maior temperatura corporal e resistênciaelevada à desidratação e espécies com menor temperatura corporal e baixa resistência a desidratação. A organização espaço temporal das assembléias é fortemente influenciada pela distribuição dos recursos termo-hídricos (microhabitats e microclimas) e pelos fatores que determinam esta distribuição: as interações entre perfis topográficos, o embasamento geológico e a sazonalidade climática. A temperatura e a pluviosidade determinam a organização das assembléias e a distribuição geográfica das espécies. As variações históricas da temperatura podem influenciar a diferenciação das espécies tanto quanto as variações de pluviosidade. O enchimento do reservatório causou a perda de populações de muitas espécies, mas os efeitos foram especialmente graves sobre as espécies de distribuição restrita ou que ocorriam em densidades elevadas em ambientes exclusivos da ) área inundada. Também houve fragmentação de habitats e alteração dos regimes fluviais a jusante, afetando os habitats inundáveis a jusante. O represamento também impede o transporte de animais em balsas de vegetação pelo rio, interrompendo o provável fluxo gênico entre as margens e rio abaixo. Nas comunidades da margem do reservatório o efeito principal do enchimento foi um aumento extraordinário da freqüência de Chaunus gr. granulosus e Physalaemus centralis nos meses de dezembro. No cerrado, o aumento das freqüências de várias espécies de anuros, principalmente Chaunus gr. granulosus ocorreu logoapós o inicio do enchimento. Na floresta o grande aumento de freqüência de Physalaemus centralis ocorreu na próxima estação chuvosa, quando houve também uma redução dos lagartos. Nos estudos de impacto ambiental realizados em 1998 uma parcela pequena da diversidade foi registrada. Um esforço muito maior é necessário para diagnosticar os impactos de um empreendimento do porte da UHE LEM. O estudo dos impactos ambientais é fundamental para permitir desenvolver procedimentos menos prejudiciais ao meio ambiente, mas também é uma estratégia para investigar como as condições ambientais influenciam a organização das comunidades biológicas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.12.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PAVAN, Dante; RODRIGUES, Miguel Trefaut Urbano. Assembléias de répteis e anfíbios do Cerrado ao longo da bacia do rio Tocantins e o impacto do aproveitamento hidrelétrico da região na sua conservação. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-05032008-095752/ >.
    • APA

      Pavan, D., & Rodrigues, M. T. U. (2007). Assembléias de répteis e anfíbios do Cerrado ao longo da bacia do rio Tocantins e o impacto do aproveitamento hidrelétrico da região na sua conservação. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-05032008-095752/
    • NLM

      Pavan D, Rodrigues MTU. Assembléias de répteis e anfíbios do Cerrado ao longo da bacia do rio Tocantins e o impacto do aproveitamento hidrelétrico da região na sua conservação [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-05032008-095752/
    • Vancouver

      Pavan D, Rodrigues MTU. Assembléias de répteis e anfíbios do Cerrado ao longo da bacia do rio Tocantins e o impacto do aproveitamento hidrelétrico da região na sua conservação [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-05032008-095752/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021