Exportar registro bibliográfico

Capacidade funcional de indivíduos idosos portadores da doença de Alzheimer (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PERRONI, GISELE GONÇALVES GARCIA - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RMS
  • Subjects: DOENÇA DE ALZHEIMER; IDOSOS (CAPACIDADE)
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A doença de Alzheimer (DA) é considerada um dos importantes problemas de Saúde Pública, significando, portanto, grande desafio para a gerontologia e geriatria. É causa mais comum de demência que cursa com declínio cognitivo e funcional e alterações comportamentais, porém, poucos estudos relatam a correlação existente entre o declínio motor, considerando o equilíbrio, a força e a implicação na capacidade funcional e na ocorrência de quedas nessa população, principalmente na fase inicial da DA. Objetivos: Identificar o grau de capacidade funcional dos idosos portadores da DA e adequação do seu ambiente domiciliar propício às suas atividades de vida diária, e ocorrência de quedas, proporcionando, assim, melhor qualidade de vida. Métodos: Foi efetuado um estudo epidemiológico descritivo, tipo inquérito prospectivo. Foram estudados 30 pacientes portadores de DA, com idade acima de 60 anos. Foi utilizada avaliação pessoal do paciente, do ambiente e instrumento de avaliação da Medida de Independência Funcional (MIF). Resultados e Conclusões: Dos pacientes estudados, 60% eram do sexo feminino, 47% a profissão era do lar, o intervalo modal do tempo de DA foi de 1,5 -2 anos e 57% deles apresentaram pelo menos uma queda. Em relação aos cuidadores, 80% eram do sexo feminino e apresentaram média de idade de 59 anos. Em relação à MIF, foi observado grau 6 (independência modificada) nos parâmetros: função banho (70%), controle de esfíncter (27%), funçãotransferência (90%), função locomoção (83%). Na função cognitiva, 100% dos pacientes apresentaram grau 5 em pelo menos uma função. Sobre o ambiente, observou-se que os principais fatores de risco foram calçados inadequados, móveis soltos pelo caminho, altura inadequada do vaso sanitário e ausência de barras de apoio. Através da MIF, pôde-se avaliar o grau de comprometimento das funções cognitivas/sociais e identificar a independência modificada das funções ) motoras dos pacientes com DA, a na fase leve. Embora o número de pacientes estudados seja pequeno, contudo as evidências parecem mostrar que aumentou os riscos de quedas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.12.2007
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PERRONI, Gisele Gonçalves Garcia; RUFFINO NETTO, Antônio. Capacidade funcional de indivíduos idosos portadores da doença de Alzheimer. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-17032008-135425/ >.
    • APA

      Perroni, G. G. G., & Ruffino Netto, A. (2007). Capacidade funcional de indivíduos idosos portadores da doença de Alzheimer. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-17032008-135425/
    • NLM

      Perroni GGG, Ruffino Netto A. Capacidade funcional de indivíduos idosos portadores da doença de Alzheimer [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-17032008-135425/
    • Vancouver

      Perroni GGG, Ruffino Netto A. Capacidade funcional de indivíduos idosos portadores da doença de Alzheimer [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-17032008-135425/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020