Exportar registro bibliográfico

Análise morfológica da área de transição do intestino primitivo para o saco vitelino em embriões e fetos bovinos (24 a 50 dias de gestação) (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: MANÇANARES, CELINA ALMEIDA FURLANETTO - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCI
  • Subjects: EMBRIÃO; INTESTINOS; IMUNOHISTOQUÍMICA; BOVINOS; GAMETAS
  • Language: Português
  • Abstract: O saco vitelino é a principal fonte de nutrição do embrião durante o período em que a placenta verdadeira ainda não está completamente formada. É responsável pela hematopoiese, pois dele se desenvolvem os primórdios das células sanguíneas, bem como parte do sistema circulatório primitivo do embrião. Tivemos como objetivo caracterizar a área transicional do saco vitelino para o intestino primitivo através de análise macroscópica, microscopia de luz, microscopia eletrônica de transmissão e reação imunohistoquímica para detecção de células germinativas (Oct-4). Foram realizados cortes seqüenciais de todos os embriões para permitir a visualização da estrutura como um todo. Nas amostras obtidas, pudemos observar a presença do saco vitelino com a área de conexão com intestino primitivo composto por inúmeras ilhotas vasculares que correspondem aos vasos envolvidos pelas células vitelínicas e células mesenquimais. No interior dos vasos identificamos hemangioblastos em grande quantidade. A camada correspondente ao mesênquima é delgada e com células alongadas e endoderma da membrana vitelínica é composto por células endodérmicas, grandes, uni ou binucleadas. Tal arranjo celular se assemelha a uma glândula devido a sua arquitetura em ilhas vasculares somado às camadas teciduais. O epitélio do intestino primitivo inicia sua diferenciação com células colunares estratificadas e bordadura em escova seguido de células mesenquimais indiferenciadas. A área transicionalentre o saco vitelínico e o intestino primitivo é estreita em relação à luz destas duas estruturas com células de formato irregular, constituindo um delicado revestimento no lúmen contendo hemangioblastos. No mesênquima da área transicional inúmeros e pequenos capilares foram observados com hemangioblastos em seu interior. Em embriões e fetos submetidos à imunohistoquímica, verificamos células reativas como o metanefro, ) gônadas, parênquima hepático e saco vitelino.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.12.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MANÇANARES, Celina Almeida Furlanetto; KFOURY JUNIOR, José Roberto; MIGLINO, Maria Angélica. Análise morfológica da área de transição do intestino primitivo para o saco vitelino em embriões e fetos bovinos (24 a 50 dias de gestação). 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-13022008-152038/ >.
    • APA

      Mançanares, C. A. F., Kfoury Junior, J. R., & Miglino, M. A. (2007). Análise morfológica da área de transição do intestino primitivo para o saco vitelino em embriões e fetos bovinos (24 a 50 dias de gestação). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-13022008-152038/
    • NLM

      Mançanares CAF, Kfoury Junior JR, Miglino MA. Análise morfológica da área de transição do intestino primitivo para o saco vitelino em embriões e fetos bovinos (24 a 50 dias de gestação) [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-13022008-152038/
    • Vancouver

      Mançanares CAF, Kfoury Junior JR, Miglino MA. Análise morfológica da área de transição do intestino primitivo para o saco vitelino em embriões e fetos bovinos (24 a 50 dias de gestação) [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-13022008-152038/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021