Exportar registro bibliográfico

Edith de Magalhães Fraenkel: personalidade da enfermagem brasileira (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: OGUISSO, TAKA - EE
  • Unidade: EE
  • Assunto: HISTÓRIA DA ENFERMAGEM
  • Language: Português
  • Abstract: O estudo ora apresentado é o resultado do mapeamento da documentação existente sobre Edith de Magalhães Fraenkel (1889/1969), organizadora e primeira Diretora da Escola de Enfermagem, da Faculdade de Medicina, da Universidade de São Paulo. A pesquisa realiza buscas em fontes bibliográficas e documentais (textuais, orais e imagéticas) existentes no Centro Histórico Cultural da Enfermagem Ibero-Americana - CHCEIA que tratam ou evocam a vida e obra da precursora da enfermagem brasileira. Nascida no Rio de Janeiro no dia 09 de maio 1889, a primeira enfermeira diplomada do Brasil era neta do insigne brasileiro Benjamim Constant Botelho de Magalhães e filha do cônsul brasileiro na Alemanha, Suécia e Uruguai. Devido à profissão do pai, fez seus primeiros estudos nestes países, motivo pelo qual dominava os idiomas alemão, sueco, espanhol, inglês, francês e italiano. Foi professora primária por seis anos no Rio de Janeiro e durante a primeira guerra, em 1918, realiza o curso de Samaritana na Cruz Vermelha. Em 1920, conclui o curso de Visitadora na Inspetoria de Tuberculose do Departamento Nacional de Saúde Pública - DNSP, onde foi nomeada enfermeira chefe. Aceita em 1922 como aluna da Escola de Enfermagem do "Philadelphia General Hospital", diplomou-se em 1925. De volta ao Brasil, passou a lecionar na Escola de Enfermagem Anna Nery, instituição de ensino na qual permaneceu de 1925 a 1927 como Instrutora de alunas e coordenadora de ensino, em substituição de AnnitaLander, enfermeira norte-americana que retornou para os Estados Unidos naquele mesmo ano. Em 1926 influiu na criação da Associação Nacional de Enfermeiras Diplomadas Brasileiras, hoje Associação Brasileira de Enfermagem - ABEn, da qual foi presidente por três gestões (1927-1938; 1941-1943; 1948-1950). Sua obra imprimiu nova representação à enfermagem nacional ao assegurar os direitos das "novas profissionais" com acentuado destaque para as "enfermeiras chefes". Como Diretora da EEUSP, organizou o Primeiro Congresso Nacional de Enfermagem sediado pela escola em 1947. Os resultados desse processo constituem os objetivos da comunicação ora proposta
  • Imprenta:
  • Source:
    • Título do periódico: Anais
  • Conference titles: Simpósio Ibero-Americano de História da Enfermagem

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TAKASHI, Magali Hiromi; OGUISSO, Taka; CAMPOS, Paulo Fernando de Souza. Edith de Magalhães Fraenkel: personalidade da enfermagem brasileira. Anais.. São Paulo: [s.n.], 2007.
    • APA

      Takashi, M. H., Oguisso, T., & Campos, P. F. de S. (2007). Edith de Magalhães Fraenkel: personalidade da enfermagem brasileira. In Anais. São Paulo.
    • NLM

      Takashi MH, Oguisso T, Campos PF de S. Edith de Magalhães Fraenkel: personalidade da enfermagem brasileira. Anais. 2007 ;
    • Vancouver

      Takashi MH, Oguisso T, Campos PF de S. Edith de Magalhães Fraenkel: personalidade da enfermagem brasileira. Anais. 2007 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021