Exportar registro bibliográfico

Heterogeneidade da virulência de cepas de Listeria monocytogenes, pertencentes a diferentes sorotipos, isoladas de amostras de alimento, do ambiente de processamento e de amostra clínica (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CRUZ, CRISTINA DURANTE - FCF
  • Unidades: FCF
  • Sigla do Departamento: FBA
  • Subjects: MICROBIOLOGIA DE ALIMENTOS; CONTAMINAÇÃO DE ALIMENTOS; LISTERIA (VIROLOGIA;ESTUDO)
  • Language: Português
  • Abstract: Listeria monocytogenes é um patógeno intracelular facultativo responsável por listeriose, uma doença de origem alimentar. Dentre os 13 sorotipos de L. monocytogenes existentes, o sorotipo 4b é o mais freqüentemente isolado de humanos, enquanto os sorotipos 1/2a, 1/2b e 1/2c são mais freqüentes em alimentos e amostras ambientais. O estudo da variabilidade de virulência de quatro cepas de L. monocytogenes recentemente isoladas (1/2B - alimento; 1/2C e 4BENV - ambiente de processamento de alimento; 4BCLIN - sangue), além de duas outras cepas de casos de listeriose (P14 e P14A), foi o objetivo deste trabalho. Avaliou-se a capacidade de invasão, proliferaçãao intracelular, citotoxicidade, disseminação intercelular, polimerização de filamentos de actina e transcrição gênica dos genes de virulência actA, plcA e plcB das cepas em modelos celulares eucarióticos MDBK, HeLa e L929. A cepa de origem alimentar 1/2B apresentou características de invasão, taxa de multiplicação (IGC), assim como a disseminação intercelular, semelhantes às cepas clínicas P14 e 4BCLIN em células HeLa. As cepas de origem ambiental (1/2C e 4BENV), apesar da baixa capacidade de invasão em todas linhagens celulares empregadas, apresentaram IGC superior às demais cepas estudadas e disseminação intercelular superior ou similar às cepas clínicas, dependendo da célula eucariótica. As cepas de origem clínica 4BCLIN, P14, P14A tiveram maiores porcentagens de invasão nas linhagens MDBK e L929, porém, emrelação a população intracelular (UFC/mL), as cepas 4BCLIN e P14A foram superiores as demais. Estas últimas também foram citotóxicas às células HeLa, induzindo a liberação de LDH e à morte por necrose. Já as cepas de origem alimentar, ambiental e a cepa clínica ) P14 não foram citotóxicas às células HeLa e MDBK. Em relação à polimerização dos filamentos de actina não houve diferença estatística entre as cepas. Todos os genes de virulência estudados apresentaram maior número de transcritos para as cepas de origem não clínica (1/2B, 1/2C e 4BENV). Sendo assim, todas as cepas de L. monocytogenes estudadas possuem potencial patogênico, por apresentar pelo menos duas características relacionadas à virulência da espécie. Alimentos possivelmente contaminados com estas cepas representam risco a saúde pública
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.07.2007
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CRUZ, Cristina Durante; MARTINEZ, Marina Baquerizo. Heterogeneidade da virulência de cepas de Listeria monocytogenes, pertencentes a diferentes sorotipos, isoladas de amostras de alimento, do ambiente de processamento e de amostra clínica. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9131/tde-03082011-163915/pt-br.php >.
    • APA

      Cruz, C. D., & Martinez, M. B. (2007). Heterogeneidade da virulência de cepas de Listeria monocytogenes, pertencentes a diferentes sorotipos, isoladas de amostras de alimento, do ambiente de processamento e de amostra clínica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9131/tde-03082011-163915/pt-br.php
    • NLM

      Cruz CD, Martinez MB. Heterogeneidade da virulência de cepas de Listeria monocytogenes, pertencentes a diferentes sorotipos, isoladas de amostras de alimento, do ambiente de processamento e de amostra clínica [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9131/tde-03082011-163915/pt-br.php
    • Vancouver

      Cruz CD, Martinez MB. Heterogeneidade da virulência de cepas de Listeria monocytogenes, pertencentes a diferentes sorotipos, isoladas de amostras de alimento, do ambiente de processamento e de amostra clínica [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9131/tde-03082011-163915/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020