Exportar registro bibliográfico

Efeito do peso ao nascimento e da idade gestacional no desenvolvimento de obesidade, resistência à insulina e dislipidemia em pré-escolares (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: LEMOS, JESUANA OLIVEIRA - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HNT
  • Subjects: PESOS E MEDIDAS CORPORAIS; ESTADO NUTRICIONAL; OBESIDADE; HIPERLIPIDEMIA; PRÉ-ESCOLAR
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Estudos recentes relacionam a ocorrência de doenças crônicas, típicas da idade adulta, à desnutrição em fases precoces da vida, como na intra-uterina. Este fenômeno é denominado de "Programação" ou "Origem Fetal das Doenças". Objetivo: Avaliar a relação entre peso ao nascimento (PN) e idade gestacional (IG) e situação nutricional na infância e o risco de desenvolvimento de obesidade, resistência à insulina e dislipidemias em crianças. Metodologia: Estudo epidemiológico de coorte, realizado no município de Jundiaí, São Paulo, considerando-se 890 crianças do estudo de RONDÓ (2003), com idades entre 5 a 8 anos, nascidas em hospitais conveniados ao Sistema Único de Saúde - SUS. A coorte inclui 509 crianças, nas quais, determinou-se níveis de glicose (método glicose hexoquinase automatizado), colesterol total (método colesterol oxidase automatizado), HDL-c (método HDL colesterol direto automatizado), LDL-c (fórmula da FRIEDWALD), triglicérides (método glicerol peroxidase automatizado), insulina (método quimioluminescente - IMMULITE 2000), resistência à insulina (homeostasis model assessment - HOMA) e situação nutricional segundo o escore-z (NCHS) e IMC (CDC/2000). A relação entre as variáveis foi determinada pelo modelo de regressão linear múltipla, considerando-se como variável dependente à insulina e RI-HOMA. Resultados: Os níveis médios (95 por cento IC) de glicose, RI-HOMA, CT, LDL-c foram respectivamente: 92,86 mg/dl (92,27-93,45); 1,0mmol/µUml (0,93-1,07); 159,13 mg/dl (156,55-161,71); 89,38 mg/dl (87,13-91,64) e não se relacionaram com o sexo (p=0,352; p=0,337; p=0,861 e p=0,341). A média (95 por cento IC) do HDL-c e TG foram respectivamente: 55,41 mg/dl ( 54,44-56,39) e 71,69 mg/dl (68,93-74,45) e houve relação com o sexo (p=0,003 e p=0,018).(AU)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.08.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEMOS, Jesuana Oliveira; RONDÓ, Patrícia Helen de Carvalho. Efeito do peso ao nascimento e da idade gestacional no desenvolvimento de obesidade, resistência à insulina e dislipidemia em pré-escolares. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.
    • APA

      Lemos, J. O., & Rondó, P. H. de C. (2007). Efeito do peso ao nascimento e da idade gestacional no desenvolvimento de obesidade, resistência à insulina e dislipidemia em pré-escolares. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Lemos JO, Rondó PH de C. Efeito do peso ao nascimento e da idade gestacional no desenvolvimento de obesidade, resistência à insulina e dislipidemia em pré-escolares. 2007 ;
    • Vancouver

      Lemos JO, Rondó PH de C. Efeito do peso ao nascimento e da idade gestacional no desenvolvimento de obesidade, resistência à insulina e dislipidemia em pré-escolares. 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020