Exportar registro bibliográfico

Revisão taxonômica do gênero Stryphnodendron Mart. (Leguminosae-Mimosoideae) (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SCALON, VIVIANE RENATA - IB
  • Unidades: IB
  • Sigla do Departamento: BIB
  • Subjects: MIMOSACEAE; LEGUMINOSAE; BOTÂNICA (CLASSIFICAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: Leguminosae - Mimosoideae possui cerca de 3300 espécies subordinadas a cerca de 80 gêneros, distribuídas principalmente nas regiões tropicais e subtropicais, com alguns gêneros se estendendo até áreas de clima temperado. O presente trabalho refere-se ao estudo taxonômico das espécies do gênero Stryphnodendron, que apresenta distribuição neotropical com limite norte de ocorrência a Nicarágua e como limite sul o Estado do Paraná no Brasil. A realização desse estudo foi baseada em levantamento bibliográfico, consultas aos acervos dos principais herbários brasileiros e do exterior, e em expedições de coleta em áreas de ocorrência natural dos táxons do gênero. Stryphnodendron reúne 36 táxons, dos quais cerca de 89% ocorrem no Brasil e aproximadamente 50% são exclusivos do território brasileiro, ocorrendo em diversos tipos de vegetação, mas principalmente em Cerrados e na Floresta Amazônica. Apenas quatro espécies não têm registro de coleta no Brasil: S. excelsum Harms (Nicarágua, Costa Rica e Panamá), S. levelii R.S.Cowan (Venezuela), S. moricolor Barneby & Grimes (Guiana Francesa) e S. porcatum D.A.Neill & Occhioni f. (Equador). Com base na morfologia externa, Stryphnodendron pode ser caracterizado por ser inerme, apresentar ápice dos ramos dotados de indumento ferrugíneo, folhas bipinadas (dotadas de nectários extraflorais), flores pentâmeras, sépalas e pétalas unidas, corola de 2-6mm de comprimento, dez estames livres ou unidos muito próximo à base,ovário curto-estipitado, flores reunidas em espigas, além de frutos tipo legume nucóide ou folículo, septados e sementes com endosperma e pleurograma do tipo apical-basal. Como resultado da revisão, foram definidos quatro padrões de distribuição das espécies, dezoito lectotipificações são aqui designadas, seis novas sinonimizações, duas novas combinações, um restabelecimento de espécie, uma mudança de status nomenclatural, ) três espécies excluídas e dois nomes mantiveram-se como nomes duvidosos. Foram ainda detectadas nove espécies novas: Stryphnodendron conicum, Stryphnodendron dryaticum, Stryphnodendronfasciatum, Stryphnodendron holosericeum, Stryphnodendron orinocense, Stryphnodendron procerum, Stryphnodendron riparium, Stryphnodendron velutinum e Stryphnodendron venosum.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.09.2007
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SCALON, Viviane Renata; SOUZA, Vinicius Castro. Revisão taxonômica do gênero Stryphnodendron Mart. (Leguminosae-Mimosoideae). 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41132/tde-29012008-113442/ >.
    • APA

      Scalon, V. R., & Souza, V. C. (2007). Revisão taxonômica do gênero Stryphnodendron Mart. (Leguminosae-Mimosoideae). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41132/tde-29012008-113442/
    • NLM

      Scalon VR, Souza VC. Revisão taxonômica do gênero Stryphnodendron Mart. (Leguminosae-Mimosoideae) [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41132/tde-29012008-113442/
    • Vancouver

      Scalon VR, Souza VC. Revisão taxonômica do gênero Stryphnodendron Mart. (Leguminosae-Mimosoideae) [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41132/tde-29012008-113442/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020