Exportar registro bibliográfico

Necessidades das famílias com relação ao desenvolvimento infantil à luz da promoção da saúde (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: MAZZA, VERONICA DE AZEVEDO - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENS
  • Subjects: DESENVOLVIMENTO INFANTIL; PROMOÇÃO DA SAÚDE; SAÚDE DA FAMÍLIA
  • Language: Português
  • Abstract: Esta é uma pesquisa exploratória analítica; tem como objeto as necessidades de saúde das famílias com relação ao desenvolvimento infantil, apreendidas na dialética entre a dimensão objetiva e subjetiva. A interpretação do objeto foi sustentada no referencial da Promoção da Saúde, pautado pelo conceito de empowerment. Objetivos. 1.Caracterizar o potencial do desenvolvimento infantil nos distritos de saúde de Curitiba. 2.Caracterizar a inserção social das famílias que contam com crianças menores de 5 anos da área de abrangência da Unidade Básica de Saúde. 3. Apreender as necessidades de saúde percebidas pelas famílias e pelos representantes das agências de socialização com relação ao desenvolvimento infantil. 4. Analisar os dados a partir do referencial teórico da Promoção da Saúde. Metodologia. Este estudo foi desenvolvido na cidade de Curitiba, no Distrito Sanitário Bairro Novo. Empregaram-se técnicas quali-quantitativas. Foram sujeitos da pesquisa os representantes de famílias que tinham filhos até 5 anos de idade, residentes na área de abrangência da Unidade de Saúde, e representantes de agências de socialização que atuavam com famílias nesta área. Na dimensão objetiva obtiveram-se dados secundários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, Censo 2000, para caracterização das desigualdades sociais entre os Distritos Sanitários, usando a construção de Indicador de Inserção Social e Indicador de Qualidade do Domicílio. Os dados foram agrupadosde acordo com os setores censitários que compõem cada distrito sanitário. A caracterização das famílias foi realizada por meio de entrevista semi-estruturada com 49 famílias, com informações de inserção social. Na dimensão subjetiva, os dados foram obtidos por meio do grupo focal realizado com 21 famílias, e por entrevistas semi-estruturadas, com 12 representantes das agências de socialização: Conselho Tutelar, ) Unidade Básica de Saúde, Pastoral da Criança, creche e pré-escola. Os dados foram analisados mediante o método hermenêutico-dialético. Resultados. O município apresentou um Indicador de Inserção Social de 3,66; o IIS do Bairro Novo foi de 3,23, abaixo da média do município. A caracterização das famílias explicitou as desigualdades sociais existentes no território. A análise dos dados mostrou as necessidades de saúde das famílias, com diferenças tanto na sua apreensão como na sua satisfação. Encontraram-se contradições nas práticas das agências de socialização, entre controle e autonomia dos sujeitos, pautada pela visão normativa das famílias. Esta visão idealizada das famílias compromete o reconhecimento das suas necessidades enquanto famílias “reais”, prejudicando a elaboração de projetos sociais capazes de responder a estas necessidades. A família se percebeu como espaço de refúgio, como se fosse capaz de proteger os filhos da violência da sociedade. Reconhecer as necessidades de saúde das famílias constitui-se em possibilidade de construção deprojetos de intervenção da Enfermagem em Saúde Coletiva para o fortalecimento da autonomia das famílias, a partir da produção dos cuidados centrados nas famílias, comprometido com uma ação dialógica horizontalizada e emancipadora. Porém é preciso reforçar o poder das políticas públicas no fortalecimento das famílias, para ampliar as chances das famílias em promover o desenvolvimento infantil, com o escopo de não se tornarem, pela omissão, um fator de vulnerabilidade para a saúde das crianças
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.12.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MAZZA, Verônica de Azevedo; CHIESA, Anna Maria. Necessidades das famílias com relação ao desenvolvimento infantil à luz da promoção da saúde. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-24012008-152555/ >.
    • APA

      Mazza, V. de A., & Chiesa, A. M. (2007). Necessidades das famílias com relação ao desenvolvimento infantil à luz da promoção da saúde. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-24012008-152555/
    • NLM

      Mazza V de A, Chiesa AM. Necessidades das famílias com relação ao desenvolvimento infantil à luz da promoção da saúde [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-24012008-152555/
    • Vancouver

      Mazza V de A, Chiesa AM. Necessidades das famílias com relação ao desenvolvimento infantil à luz da promoção da saúde [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-24012008-152555/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021