Exportar registro bibliográfico

Avaliação da atividade antibacteriana e citotóxica dos alcalóides isoquinolínicos de Annona hypoglauca Mart (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: RINALDI, MARIA VALERIA NANI - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBF
  • Subjects: PRODUTOS NATURAIS; FARMACOGNOSIA (ATIVIDADE;FARMACOLOGIA); ALCALOIDES (AVALIAÇÃO;IDENTIFICAÇÃO;EXTRAÇÃO); MAGNOLIALES (ATIVIDADE;FARMACOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Annona hypoglauca Mart. foi coletada em área inundada da Floresta Amazônica, próximo à Manaus (Brasil). Os alcalóides foram obtidos do extrato bruto do caule por partição ácido-base, e a partir do resíduo dessa extração foi realizada a partição com solventes de diferentes polaridades, originando as frações livres de alcalóides. A partir da análise de CG-EM dos alcalóides totais foi possível caracterizar sete alcalóides aporfínicos (actinodafinina, anonaina, glaucina, isoboldina, isodomesticina, nornuciferina e roemerina) e possivelmente duas protoberberinas (esculerina e caseadina). Os alcalóides totais foram fracionados em coluna cromatográfica e posteriormente purificados em placa cromatogrática preparativa permitindo o isolamento de dois alcalóides aporfínicos: actinodafinina e isoboldina. As estruturas desses produtos naturais foram definidas com base em espectros de dados, incluindo `ANTPOT. 1 H` RMN, `ANTPOT.13 C` RMN, `ANTPOT.13 C` DEPT e CG-EM. Pela primeira vez a ocorrência da actinodafinina esta sendo reportada em uma espécies de Annona. O extrato bruto, as frações livres de alcalóides, os alcalóides totais e suas frações foram submetidos a avaliação da atividade antibacteriana por microdiluição e atividade citotóxica in vitro frente a células de tumores humanos. Para todos os extratos testados, somente os alcalóides totais e suas frações apresentaram atividade frente a bactérias Gram `MAIS`. No ensaio de citotoxicidade com Iinhagens decélulas de tumores, o extrato bruto foi capaz de inibir o crescimento de todas as linhagens celulares testadas, apresentando efeito letal para a Iinhagem de Câncer de Cólon (KM-12), enquanto as frações livres de alcalóides demonstraram baixa atividade. Por outro lado, as frações livres de alcalóides apresentaram atividade mais pronunciada para a linhagem de Câncer de Pulmão ) (NCIH-460) do que os alcalóides. Assim, a atividade citotóxica encontrada no extrato bruto é decorrente do sinergismo ou complementação entre os componentes das frações alcaloídicas e não alcaloídicas, isto é, nenhuma das frações isoladamente é responsável pela atividade observada no extrato bruto
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.10.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RINALDI, Maria Valéria Nani; MORENO, Paulo Roberto Hrihorowitsch. Avaliação da atividade antibacteriana e citotóxica dos alcalóides isoquinolínicos de Annona hypoglauca Mart. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-28032008-134727/ >.
    • APA

      Rinaldi, M. V. N., & Moreno, P. R. H. (2007). Avaliação da atividade antibacteriana e citotóxica dos alcalóides isoquinolínicos de Annona hypoglauca Mart. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-28032008-134727/
    • NLM

      Rinaldi MVN, Moreno PRH. Avaliação da atividade antibacteriana e citotóxica dos alcalóides isoquinolínicos de Annona hypoglauca Mart [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-28032008-134727/
    • Vancouver

      Rinaldi MVN, Moreno PRH. Avaliação da atividade antibacteriana e citotóxica dos alcalóides isoquinolínicos de Annona hypoglauca Mart [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-28032008-134727/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021