Exportar registro bibliográfico

Efeitos cardiovasculares observados após a microinjeção de noradrenalina na Àrea Septal Lateral de ratos (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: AUGUSTO, AMERICA SCOPINHO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFA
  • Subjects: PRESSÃO SANGUÍNEA (CONTROLE); NEUROFARMACOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A área septal lateral (ASL) está envolvida no controle central do sistema cardiovascular. Neste trabalho, nós mostramos os efeitos cardiovasculares desencadeados pela microinjeção de noradrenalina (NA) na ASL de ratos, bem como os receptores locais e os mecanismos periféricos envolvidos na sua mediação. A microinjeção de NA na ASL causou resposta pressora e bradicardia dose-dependente em ratos não anestesiados. A ‘ED IND. 50’ de NA microinjetada na área septal medial (ASM) e no ventrículo lateral (VL) não causou efeitos cardiovasculares sugerindo que os efeitos cardiovasculares da NA ocorram pela ação desse agonista na ASL. Os efeitos da NA na ASL foram abolidos pelo pré- tratamento local com antagonista de receptores ‘’alfa’ IND. 1’-adrenérgicos (WB4101), mas não foi afetado pelo pré-tratamento com antagonista de receptores ‘’alfa’ IND. 2’-adrenérgicos (RX821002). A magnitude da resposta pressora em resposta á NA na ASL é aumentada pelo pré-tratamento i. v. com o bloqueador ganglionar (pentolínio) e foi significativamente reduzida pelo pré-tratamento i. v. com antagonista dos receptores vasopressinérgicos do tipo 1. As respostas cardiovasculares da NA na ASL também não foram observadas em animais hipofisectomizados, sugerindo que o mecanismo periférico envolvido nestas respostas cardiovasculares, é a liberação periférica de vasopressina. Foi verificado também neste trabalho que a microinjeção de NA na ASL em animais com desnervaçãosino-aórtica, causou resposta pressora sem o acompanhamento da bradicardia, ao contrário dos ratos falso operados, que apresentaram resposta bradicárdica concomitante com o aumento na pressão arterial, confirmando que a bradicardia é ocasionada em reflexo ao aumento na pressão arterial. Como estrutura final participando nesta via, foi investigada a participação do núcleo paraventricular (NPV) e núcleo supraóptico (NOS) nestas respostas desencadeadas pela injeção de NA na ASL. O bloqueio de sinapses no NPV com cloreto de cobalto (0,1nmol/100nl), praticamente bloqueou a resposta pressora e a bradicardia desencadeadas pela microinjeção de NA na ASL, enquanto que o cobalto no NSO não altera as respostas, sugerindo que NPV é o principal núcleo hipotalâmico responsável pela liberação de vasopressina em resposta à NA na ASL. Ainda, o pré-tratamento do NPV com 2nmol/100nL de NBQX, um antagonista seletivo dos receptores glutamatérgicos não-NMDA, reduziu as respostas cardiovasculares causadas pela NA na ASL, sugerindo que esses receptores no NPV estão envolvidos nestas respostas cardiovasculares da NA na ASL. Sendo a vasopressina periférica responsável pela mediação da resposta cardiovascular desencadeada pela NA na ASL, e visto que a ASL não se conecta diretamente com os núcleos hipotalâmicos secretores de vasopressina, passamos a investigar o envolvimento de outras estruturas cerebrais nesta via. O bloqueio reversível desinapses na banda diagonal de broca (BDB) com cloreto de cobalto potencializou a resposta pressora causada pela microinjeção de NA na ASL de ratos, sugerindo que a BDB tem um papel inibitório sobre a via ativada pela microinjeção de NA na ASL. O conjunto de dados nos sugere que a ativação de receptores noradrenérgicos na ASL modula o controle cardiovascular e neuroendócrino, fazendo a integração entre eles. Além disso, os resultados sugerem que existe uma via descendente ativada pela microinjeção de NA a ASL, e que essa via termina principalmente no NPV do hipotálamo que é um núcleo responsável pela síntese de vasopressina
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.09.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AUGUSTO, América Scopinho; CORRÊA, Fernando Morgan de Aguiar. Efeitos cardiovasculares observados após a microinjeção de noradrenalina na Àrea Septal Lateral de ratos. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Augusto, A. S., & Corrêa, F. M. de A. (2007). Efeitos cardiovasculares observados após a microinjeção de noradrenalina na Àrea Septal Lateral de ratos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Augusto AS, Corrêa FM de A. Efeitos cardiovasculares observados após a microinjeção de noradrenalina na Àrea Septal Lateral de ratos. 2007 ;
    • Vancouver

      Augusto AS, Corrêa FM de A. Efeitos cardiovasculares observados após a microinjeção de noradrenalina na Àrea Septal Lateral de ratos. 2007 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021