Exportar registro bibliográfico

A experiência do homem como acompanhante no cuidado pré-natal (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: CAVALCANTE, MIRIAM APARECIDA DE ABREU - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENP
  • Subjects: CUIDADO PRÉ-NATAL; PATERNIDADE; GRAVIDEZ; PARTICIPAÇÃO (MASCULINO); HOMENS (AVALIAÇÃO COMPORTAMENTAL)
  • Language: Português
  • Abstract: A presença de acompanhante no pré-natal é uma prática adotada e estimulada em alguns serviços de saúde. Este estudo teve como objetivo compreender a experiência do parceiro, como acompanhante de sua esposa/companheira nas consultas de pré-natal em uma instituição filantrópica da cidade de São Paulo. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cujos dados foram coletados por meio de entrevistas semi-estruturadas, organizados pelo método do discurso do sujeito coletivo e analisados pela ótica da Teoria das Representações Sociais. Foram entrevistados 15 homens de diferentes profissões, escolaridade e faixa etária entre 21 e 35 anos de idade. Os discursos foram agrupados em cinco temas: O homem e seus motivos para vir às consultas como acompanhante de sua mulher. O homem acompanhante no contexto ambulatorial. O homem acompanhante no contexto familiar. As dificuldades do homem ao acompanhar a mulher grávida nas consultas pré-natais. A experiência masculina na participação no pré-natal. Os resultados mostraram que ao acompanhar a mulher grávida nas consultas pré-natais o homem vivencia o período gestacional no contexto das relações de gênero tradicionais, embora modificadas em alguns aspectos, assim como se prepara para a paternidade. O parceiro comparece às consultas acompanhando a mulher por vontade própria, quando convidado ou ainda quando ela faz questão. Considera que sua participação irá depender do horário de funcionamento dos serviços, da permissão do local deatendimento e do consentimento da mulher. Revela as regras de gênero construídas socialmente pelo homem como provedor financeiro, quando as rotinas do casal mudam e ele precisa se preparar para a chegada do bebê e para os gastos financeiros que isso irá representar. Conclui ser possível a presença masculina nos atendimentos pré-natais, considerados ainda um universo feminino. Assim, ao inserir o homem nos cuidados e orientações pré-natais, proporcionará a presença de um ator, particularmente, interessado no processo gestacional e estimulado a cuidar da mulher e do filho
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAVALCANTE, Miriam Aparecida de Abreu; TSUNECHIRO, Maria Alice. A experiência do homem como acompanhante no cuidado pré-natal. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-23012008-135656/ >.
    • APA

      Cavalcante, M. A. de A., & Tsunechiro, M. A. (2007). A experiência do homem como acompanhante no cuidado pré-natal. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-23012008-135656/
    • NLM

      Cavalcante MA de A, Tsunechiro MA. A experiência do homem como acompanhante no cuidado pré-natal [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-23012008-135656/
    • Vancouver

      Cavalcante MA de A, Tsunechiro MA. A experiência do homem como acompanhante no cuidado pré-natal [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-23012008-135656/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021