Exportar registro bibliográfico

Aspectos familiares envolvidos no desenvolvimento de crianças com paralisia cerebral (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GUARNIERI, HELENA BARCELOS - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RMS
  • Subjects: FAMÍLIA; PARALISIA CEREBRAL; TERAPIA OCUPACIONAL (DESENVOLVIMENTO)
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo aborda o tema família de crianças e adolescentes com paralisia cerebral e tem como objetivo identificar como alguns fatores (condições socioeconômicas, suporte social e grau de comprometimento motor) vivenciados pelas famílias podem estar relacionados com o seu desempenho e independência nas tarefas. Uma criança com paralisia cerebral na família pode alterar todas as relações gerando a necessidade de reação frente à nova e desconhecida situação. Dentre os fatores de resiliência familiar - definida como capacidade de reação e aceitação positiva diante de situações estressantes e adversas, destacou-se o suporte social, que mereceu destaque nesse trabalho. Como demonstra a literatura, a presença de uma rede de apoio social pode auxiliar os familiares na superação das adversidades. Utilizou-se o "Social Support Questionnaire", traduzido e validado por Matsukura; Marturano; Oishi (2002), que foi aplicado às cuidadoras de crianças e adolescentes com paralisia cerebral na cidade de Barretos. Este instrumento permite obter escores para o número de figuras de suporte percebido pelas cuidadoras e a satisfação com este suporte social. Para estabelecer o grau de independência no desempenho ocupacional das crianças e adolescentes com paralisia cerebral aplicou-se a Avaliação Pediátrica do Inventário da Incapacidade - PEDI (MANCINI, 2005), que estabelece o perfil funcional nas áreas de autocuidado, mobilidade e função social, e o nível de assistênciadado pelo cuidador nestas habilidades. Por meio do índice Paulista de Vulnerabilidade Social - IPVS (SEADE, 2006), indicador da situação socioeconômica que classifica as famílias a partir de seus endereços, foi possível situá-Ias nas áreas de vulnerabilidade social muita baixa, baixa, média, alta e muito alta. Participaram desta pesquisa 27 cuidadoras de crianças e adolescentes com paralisia cerebral de duas instituições de atendimento multiprofissional a ) pessoas com necessidades especiais na cidade de Barretos. A apresentação dos resultados buscou evidenciar os padrões de distribuição e freqüência das variáveis, bem como possíveis associações entre elas. Enfocou-se as duas instituições separadamente, bem como a população estudada em seu conjunto, o que permitiu identificar diferenças no perfil da criança atendida, nos aspectos socioeconômicos e no suporte social percebido pela cuidadora. Como resultado do estudo encontrou-se que as cuidadoras da APAE e também aquelas com melhor condição socioeconômica estavam mais satisfeitas com o suporte social. Os familiares, principalmente o marido, foram apontados como principais fonte de apoio. Encontrou-se uma incidência alta de depressão entre as cuidadoras. Ressalta-se a necessidade dos profissionais envolverem de forma mais intensa os familiares nos tratamentos e atividades direcionadas às crianças e jovens com paralisia cerebral e que as ações de assistência sejam mais articuladas e integradoras, buscando suprirnecessidades emocionais, afetivas e materiais, tanto da criança como de sua família
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.09.2007
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, Helena Barcellos Guarnieri; CACCIA-BAVA, Maria do Carmo Gullaci Guimarães. Aspectos familiares envolvidos no desenvolvimento de crianças com paralisia cerebral. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-03032008-132317/ >.
    • APA

      Ferreira, H. B. G., & Caccia-Bava, M. do C. G. G. (2007). Aspectos familiares envolvidos no desenvolvimento de crianças com paralisia cerebral. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-03032008-132317/
    • NLM

      Ferreira HBG, Caccia-Bava M do CGG. Aspectos familiares envolvidos no desenvolvimento de crianças com paralisia cerebral [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-03032008-132317/
    • Vancouver

      Ferreira HBG, Caccia-Bava M do CGG. Aspectos familiares envolvidos no desenvolvimento de crianças com paralisia cerebral [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-03032008-132317/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020