Exportar registro bibliográfico

Avaliação da resposta de animais imunizados com uma preparação vacinal baseada em Lactococcus lactis transformado para expressar a porção variável da intimina beta (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: ALVES, PRISCILA CRISTINA PASCARELLI - BIOTECNOL
  • Unidade: BIOTECNOL
  • Subjects: BIOTECNOLOGIA; LACTOCOCCUS; BACTÉRIAS; ESCHERICHIA COLI; DIARREIA; ANTICORPOS
  • Language: Português
  • Abstract: A Intimina é um importante fator de virulência de Escherichia colí enteropatogênica (EPEC), um dos principais agentes etiológicos de diarréia infantil em países em desenvolvimento. Anticorpos anti-intimina inibem a adesão de EPEC a células em cultura, indicando sua importância na proteção do hospedeiro. Neste trabalho usamos uma linhagem de Lactococcus lactis transformado com o vetor de expressão pMD112 clonado com a porção variável da intimina P (L1vac) com o objetivo de avaliar a resposta de anticorpos séricos e secretores produzidos por esta preparação vacinal. Para isso, grupos de camundongos Balb/c foram imunizados com a intimina purificada, o L1vac, o L. lactis controle (LI) ou o veiculo (solução tampão) em diferentes esquemas e vias de imunização. Os antígenos foram administrados pelas vias exclusivamente oral (100).lUdose), subcutânea (200).lUdose) ou intranasal (20).lUdose) ou por um esquema combinado cuja via subcutânea foi seguida pela via oral. O adjuvante de mucosa monofosforil lipídeo A (MPL) foi incluído em alguns dos esquemas. A resposta à preparação vacinal foi avaliada pela detecção de anticorpos séricos (lgG) e secretores (lgA fecal) em ensaios de ELISA e IB com intimina purificada, ensaios de proliferação com células de baço e linfonodos e inibição da adesão de EPEC a células HEp-2 na presença de soros dos animais imunizados. As bactérias L1vac inoculadas por via oral foram recuperadas nas fezes e nas placas de Peyer, mostrando que aconstrução manteve sua integridade através do trato gastrointestinal. Os resultados mostraram que houve indução de anticorpos anti-intimina após a maioria dos esquemas de imunizações, com grande variação individual nos níveis de anticorpos, resultando em altos valores de desvio padrão. O uso de MPL só promoveu o aumento esperado de anticorpos sé ricos na imunização com L1vacB no esquema curto por via oral, porém não o de anticorpos secretores. Os ensaios de ) IB revelaram a presença de anticorpos IgG e SigA dirigidos à porção variável da intimina f3 e os soros dos animais imunizados foram capazes de inibir a adesão de EPEC a células HEp-2. O maior índice de proliferação celular ocorreu com os grupos imunizados com o L1vac pela via subcutâ'rea ou pela combinação da via subcutânea com a via oral. Nossos resultados indicam que o uso de uma vacina baseada em L. lactis para administração por via oral é viável para a indução de anticorpos anti-intimina, tanto séricos como secretores, que demonstraram atividade biológica de inibição da adesão bacteriana a células HEp-2
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.11.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALVES, Priscila Cristina Pascarelli; CARBONARE, Solange Barros. Avaliação da resposta de animais imunizados com uma preparação vacinal baseada em Lactococcus lactis transformado para expressar a porção variável da intimina beta. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.
    • APA

      Alves, P. C. P., & Carbonare, S. B. (2007). Avaliação da resposta de animais imunizados com uma preparação vacinal baseada em Lactococcus lactis transformado para expressar a porção variável da intimina beta. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Alves PCP, Carbonare SB. Avaliação da resposta de animais imunizados com uma preparação vacinal baseada em Lactococcus lactis transformado para expressar a porção variável da intimina beta. 2007 ;
    • Vancouver

      Alves PCP, Carbonare SB. Avaliação da resposta de animais imunizados com uma preparação vacinal baseada em Lactococcus lactis transformado para expressar a porção variável da intimina beta. 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021