Exportar registro bibliográfico

Uso de solução salina hipertônica, isotônica e de furosemida no tratamento da intoxicação por amônia em bovinos (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: KITAMURA, SANDRA SATIKO - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCM
  • Subjects: INTOXICAÇÃO (TRATAMENTO); AMÔNIA; BOVINOS
  • Language: Português
  • Abstract: Para testar a eficiência de vários tratamentos foram utilizados 25 garrotes, nunca alimentados com nitrogênio não-protéico anteriormente. Todos os animais foram submetidos a uma única intoxicação experimental por amônia, por meio de infusão intravenosa (iv) de cloreto de amônio, até o surgimento de quadro convulsivo, quando era interrompida. Em seguida, os garrotes foram alocados, aleatoriamente, para um dos cinco grupos experimentais e tratados da seguinte forma: 1) controle (infundido com 300 mL de solução salina isotônica - SSI); 2) infusão (iv) de 30 mL/kg PV de SSI no decorrer de quatro horas e administração de 4 L de água por meio de sonda esofágica (ASE); 3) mesmo tratamento do grupo 2 e dose única (iv) de furosemida (2 mg/kg PV) (F); 4) injeção (iv) de 5 mL/kg PV de solução salina hipertônica (SSH) 7,2% nos primeiros 30 min., seguida de 20 mL/kg PV de SSI e 4 L de ASE; 5) mesmo tratamento do grupo 4 e dose única de F. No decorrer de quatro horas após a convulsão foram acompanhados o quadro clínico, as concentrações plasmáticas de amônia, glicose e lactato-L e uréia, creatinina, potássio e sódio séricos, perfil hemogasométrico, volume urinário e excreção urinária de amônio, uréia e creatinina. O quadro clínico induzido foi característico e gerou nos animais uma acidose metabólica sistêmica pronunciada, compensada com redução da pCO2, hiperlactemia e hiperglicemia No momento da convulsão os teores de amônia plasmáticos foram muito altos e idênticos em todosos tratamentos; já no 120º min os grupos tratados com SSH tiveram significativas quedas deste metabólito. A SSH provocou nos primeiros 30 min. de tratamento uma declarada redução no volume globular e no número de batimentos cardíacos. O uso de furosemida promoveu um aumento do número de batimentos cardíacos e não diminuiu o surgimento de edema pulmonar, nem gerou um aumento na excreção global de urina. Animais tratados com SSH se levantaram ) e tiveram o retorno do movimento do rúmen mais precocemente que os demais grupos. A terapia com SSH aumentou ainda o volume urinário e a excreção percentual urinária de uréia e amônia durante o período crítico da 1ª hora de tratamento, o uso de SSI teve resultados intermediários. A eficiência do tratamento com SSH ou SSI, avaliado por algumas variáveis de melhora clínica, foi superior ao grupo controle. Constatou-se que quando maior foi a quantidade de uréia excretada na urina maior também foi a de amônia no mesmo fluido. Embora com efeito menor que o observado com SSH, a SSI promoveu melhora no quadro clínico geral e ao término do experimento promoveu também uma adequada desintoxicação da amônia
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.10.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KITAMURA, Sandra Satiko; ORTOLANI, Enrico Lippi. Uso de solução salina hipertônica, isotônica e de furosemida no tratamento da intoxicação por amônia em bovinos. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.
    • APA

      Kitamura, S. S., & Ortolani, E. L. (2006). Uso de solução salina hipertônica, isotônica e de furosemida no tratamento da intoxicação por amônia em bovinos. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Kitamura SS, Ortolani EL. Uso de solução salina hipertônica, isotônica e de furosemida no tratamento da intoxicação por amônia em bovinos. 2006 ;
    • Vancouver

      Kitamura SS, Ortolani EL. Uso de solução salina hipertônica, isotônica e de furosemida no tratamento da intoxicação por amônia em bovinos. 2006 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021