Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento, caracterização e utilização de um nanobiossensor enzimático para a determinação de carbaril (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: RAZZINO, CLAUDIA DO AMARAL - IQSC
  • Unidade: IQSC
  • Assunto: QUÍMICA ANALÍTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Desde a descoberta dos nanotubos de carbono, tem sido grande o interesse em explorar suas aplicações, e uma delas é a modificação de eletrodos. Muitos trabalhos ilustram as vantagens da aplicação de eletrodos de carbono vítreo modificados com nanotubos de carbono e enzimas. Estes sistemas apresentam resposta amperométrica elevada, com diminuição nos potencias de oxidação ou redução do substrato ou produto enzimático, eliminando a resposta de interferentes. Apresentam bons limites de detecção, melhoras na sensibilidade e estabilidade à medida que oferecem um microambiente favorável à atividade da enzima. Todas estas vantagens tornam interessante o emprego de tais biossensores no monitoramento de pesticidas. Diante da escassez de trabalhos que descrevem esta aplicação, neste trabalho, objetivou-se explorá-la, com ganho em sensibilidade pelo uso dos nanotubos de carbono e em seletividade pelo uso das enzimas. Neste trabalho foi desenvolvido um nanobiossensor para a determinação de carbaril em amostras de tomate. Para isto, os nanotubos de carbono utilizados foram tratados quimicamente e em seguida caracterizados por microscopia eletrônica de transmissão) O eletrodo de carbono vítreo modificado com nanotubos de carbono foi caracterizado eletroquimicamente e por microscopia eletrônica de varredura. A enzima acetilcolinesterase utilizada teve sua atividade catalítica enzimática determinada pelo método espectrofotométrico. O nanobiossensor teveseus parâmetros de operação otimizados e foi utilizado na determinação de carbaril em amostras de tomate. A avaliação de reprodutibilidade de preparação do nanobiossensor apresentou desvio padrão relativo de 4,02%. Os desvios padrão relativos para a repetibilidade e reprodutibilidade de medidas são, respectivamente, 1,18 e 3,27%. Duas amostras de tomate foram dopadas com 0,500 'mu'mol 'L POT.-1' e 6,00 'mu'mol 'L POT.-1' de carbaril, e as respectivas recuperações foram de 96,00 e 95,08%. Os limites de detecção e quantificação obtidos com o nanobiossensor foram 'L IND.D' = 8,96 nmol 'L POT.-1' e 'L IND.Q' = 29,9 nmol 'L POT.-1'
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.10.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RAZZINO, Claudia do Amaral; MACHADO, Sergio Antonio Spinola. Desenvolvimento, caracterização e utilização de um nanobiossensor enzimático para a determinação de carbaril. 2007.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75132/tde-14042008-092411/ >.
    • APA

      Razzino, C. do A., & Machado, S. A. S. (2007). Desenvolvimento, caracterização e utilização de um nanobiossensor enzimático para a determinação de carbaril. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75132/tde-14042008-092411/
    • NLM

      Razzino C do A, Machado SAS. Desenvolvimento, caracterização e utilização de um nanobiossensor enzimático para a determinação de carbaril [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75132/tde-14042008-092411/
    • Vancouver

      Razzino C do A, Machado SAS. Desenvolvimento, caracterização e utilização de um nanobiossensor enzimático para a determinação de carbaril [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75132/tde-14042008-092411/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020