Exportar registro bibliográfico

Diagnóstico ambiental em manguezais dos complexos estuarinos da Baixada Santista e de Cananéia - São Paulo, no tocante a metais e compostos organoclorados (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: SIMÕES, ELKE CLIQUET - IQSC
  • Unidade: IQSC
  • Subjects: ECOSSISTEMAS DE MANGUE; QUÍMICA AMBIENTAL; METAIS; TOXICIDADE DO SOLO; QUÍMICA ANALÍTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Os manguezais, grandes berçários da natureza que se encontram em quase todo o litoral brasileiro, são áreas que requerem o máximo de proteção contra distúrbios ambientais. Na Baixada Santista e na região de Cananéia - Iguape, a atividade pesqueira é o principal subsídio para muitas famílias, porém vêm sendo ameaçada nos últimos anos pelo descaso com que esses ambientes são tratados. Este tão importante ecossistema que controla o clima de cidades litorâneas e oferece madeiras, remédios, óleos e uma rica variedade de alimentos, também retém poluentes com muita facilidade, o que coloca em risco tanto a vida vegetal quanto animal, a qual se inclui o homem. Diante desta preocupação, este trabalho visou avaliar substâncias potencialmente tóxicas, como metais e pesticidas organoclorados, em amostras de sedimento, água, folhas e raízes de três espécies de mangues nas áreas de manguezais dos complexos estuarinos da Baixada Santista e de Cananéia - São Paulo. O diagnóstico foi realizado em cinco pontos de cada uma destas regiões e as técnicas utilizadas para as análises foram a cromatografia gasosa com detector de captura eletrônica (GC-ECD) e a espectrometria de emissão atômica com fonte de plasma indutivamente acoplado (ICP-AES). Os resultados obtidos demonstraram que, dentre os 10 metais estudados, apenas alguns pontos de coleta apresentaram valores de concentrações acima dos limites estabelecidos pelas legislações, entretanto, para os 18 compostos organocloradosdeterminados, foram obtidas concentrações acima dos limites de tolerância na maioria das amostras, indicando a necessidade de uma maior atenção das autoridades responsáveis, uma vez que estas não são substâncias naturais de manguezais ou até mesmo da fisiologia de plantas que habitam estes ecossistemas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.10.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SIMÕES, Elke Cliquet; REZENDE, Maria Olímpia de Oliveira. Diagnóstico ambiental em manguezais dos complexos estuarinos da Baixada Santista e de Cananéia - São Paulo, no tocante a metais e compostos organoclorados. 2007.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75132/tde-14042008-093253/ >.
    • APA

      Simões, E. C., & Rezende, M. O. de O. (2007). Diagnóstico ambiental em manguezais dos complexos estuarinos da Baixada Santista e de Cananéia - São Paulo, no tocante a metais e compostos organoclorados. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75132/tde-14042008-093253/
    • NLM

      Simões EC, Rezende MO de O. Diagnóstico ambiental em manguezais dos complexos estuarinos da Baixada Santista e de Cananéia - São Paulo, no tocante a metais e compostos organoclorados [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75132/tde-14042008-093253/
    • Vancouver

      Simões EC, Rezende MO de O. Diagnóstico ambiental em manguezais dos complexos estuarinos da Baixada Santista e de Cananéia - São Paulo, no tocante a metais e compostos organoclorados [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75132/tde-14042008-093253/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021