Exportar registro bibliográfico

Ocorrência de Enterobacter sakazakii no ambiente de lactários de maternidades da Grande São Paulo (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: PALCICH, GABRIELA - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBA
  • Subjects: MICROBIOLOGIA DE ALIMENTOS; CONTAMINAÇÃO DE ALIMENTOS; ENTEROBACTER (CONTAMINAÇÃO;OCORRÊNCIA); MATERNIDADES (ASPECTOS SANITÁRIOS;ESTUDO)
  • Language: Português
  • Abstract: Enterobacter sakazakii é um bacilo Gram-negativo, pertencente à família Enterobacterieceae. Este microrganismo vem ganhando a atenção das autoridades de saúde pública ao redor do mundo, não tanto pela morbidade, que é baixa, mas pela elevada taxa de mortalidade que varia de 40-80 `POR CENTO`. O patógeno afeta principalmente recém-nascidos de baixo peso e bebês com até seis meses de idade. Em comum, estas crianças têm o fato de serem alimentadas com fórmula infantil desidratada, a base de leite. Em nosso país ainda não existem muitos estudos sobre a ocorrência deste patógeno em fórmulas infantis, nem no ambiente de preparo das mesmas. O objetivo deste trabalho foi avaliar as condições de produção de mamadeiras para recém-nascidos em maternidades da Grande São Paulo, além de determinar a população de E. sakazakii em fórmulas infantis desidratadas e reidratadas. A população de Enterobacteriaceae e a presença de E. sakazakii também foram avaliadas em amostras ambientais, de utensílios e mão de manipuladores. Avaliou-se ainda o comportamento do patógeno em fórmula infantil reidratada simulando as condições de oferecimento aos bebês. Coletou-se amostras de três hospitais maternidades diferentes (A-escola/B-público/C-particular) e analisou-se a presença de E. sakazakii usando método ISO. Para fórmulas desidratadas e reidratadas usou-se a mesma metodologia e a técnica de número mais provável (NMP). A população de Enterobacteriaceae foideterminada usando-se Petrifilm `POT.TM` 3M. E. sakazakii foi detectada em duas amostras do Hospital A (na sobra da mamadeira que voltou do berçário e de uma amostra da lata lacrada da fórmula ) infantil desidratada. A população nesta amostra foi de 0,03 NMP/100g.) No Hospital B, foi detectada em apenas uma amostra (na esponja de lavagem das mamadeiras contaminadas). No Hospital C, E. sakazakii não foi detectada nas amostras analisadas. Quanto à população de Enterobacteriaceae nos lactários, observou-se uma variação, sendo que as amostras colhidas no hospital C foram as que apresentaram populações mais elevadas. As cepas de E. sakazakii isoladas apresentaram comportamento similar àquele da cepa padrão, ocorrendo um aumento de 2 log na população do patógeno quando simulou-se as condições de serviço das fórmulas, via naso-gástrica, aos bebês nos berçários
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.07.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PALCICH, Gabriela; DESTRO, Maria Teresa. Ocorrência de Enterobacter sakazakii no ambiente de lactários de maternidades da Grande São Paulo. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9131/tde-31012018-174253/pt-br.php >.
    • APA

      Palcich, G., & Destro, M. T. (2007). Ocorrência de Enterobacter sakazakii no ambiente de lactários de maternidades da Grande São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9131/tde-31012018-174253/pt-br.php
    • NLM

      Palcich G, Destro MT. Ocorrência de Enterobacter sakazakii no ambiente de lactários de maternidades da Grande São Paulo [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9131/tde-31012018-174253/pt-br.php
    • Vancouver

      Palcich G, Destro MT. Ocorrência de Enterobacter sakazakii no ambiente de lactários de maternidades da Grande São Paulo [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9131/tde-31012018-174253/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021