Exportar registro bibliográfico

Avaliação da criptococose experimental sistêmica em camundongos BALB/c e terapêutica com anfotericina B, fluconazol e associação (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, ERIQUES GONÇALVES DA - ICB
  • Unidade: ICB
  • Sigla do Departamento: BMM
  • Subjects: MICROBIOLOGIA; CRIPTOCOCOSE; CRYPTOCOCCUS NEOFORMANS
  • Language: Português
  • Abstract: A criptococose clinica foi observada por volta do primeiro dia da inoculação e a sobrevida dos animais 15 dias após-inoculação (PI). Isolamos C. neoformans no cérebro a partir do 5º dia (PI) e no pulmão a partir 11º dia (PI). No 1º dia (PI) observamos por meio do tecido cerebral que já havia um quadro inicial de infecção, presença de edema, que evoluiu durante todo o período. C. neoformans foi visualizado primeiramente nos vasos capilares, o que nos leva a sugerir que seja esta rota importante para a entrada da levedura no órgão. A meningite aguda aconteceu por volta do 7º dia quando visualizamos o microrganismo na meninge e com um discreto infiltrado inflamatório. A partir do 13º dia a doença evoluiu para crônica permanecendo até o óbito dos animais. A monoterapia com anfotericina B (AMB) reduziu a sobrevida dos animais, enquanto que, o tratamento isolado com fluconazol (FLC) prolongou a mesma. A associação AMB-FLC foi eficaz, quando iniciamos o tratamento 24 horas (PI), enquanto que, o mesmo tratamento iniciado a partir do 7º dia quando já tínhamos um quadro compatível de meningite aguda não foi satisfatório. É importante ressaltar que os resultados descritos foram referentes à inoculação com isolado sensível in vitro ao fluconazol, enquanto que, o tratamento não resultou em êxito quando empregamos isolado resistente in vitro ao fluconazol
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.10.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Eriques Gonçalves da; PAULA, Claudete Rodrigues. Avaliação da criptococose experimental sistêmica em camundongos BALB/c e terapêutica com anfotericina B, fluconazol e associação. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-28012008-125448/ >.
    • APA

      Silva, E. G. da, & Paula, C. R. (2007). Avaliação da criptococose experimental sistêmica em camundongos BALB/c e terapêutica com anfotericina B, fluconazol e associação. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-28012008-125448/
    • NLM

      Silva EG da, Paula CR. Avaliação da criptococose experimental sistêmica em camundongos BALB/c e terapêutica com anfotericina B, fluconazol e associação [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-28012008-125448/
    • Vancouver

      Silva EG da, Paula CR. Avaliação da criptococose experimental sistêmica em camundongos BALB/c e terapêutica com anfotericina B, fluconazol e associação [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-28012008-125448/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021