Exportar registro bibliográfico

Síndrome pós-poliomielite: aspectos epidemiológicos e prognósticos (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CONDE, MONICA TILLI REIS PESSOA - FSP
  • Unidades: FSP
  • Sigla do Departamento: HEP
  • Subjects: POLIOMIELITE (EPIDEMIOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivos: Descrever aspectos clínicos e epidemiológicos da síndrome pós-poliomielite (SPP) e fatores associados, bem como suas repercussões na capacidade funcional e à sua gravidade. Métodos: Estudo descritivo de série de casos e fatores prognósticos da SPP, em população de pacientes com diagnóstico de SPP acompanhados no Ambulatório de Doenças Neuromusculares da Universidade Federal de São Paulo. A definição de caso utilizada foi história prévia de poliomielite, período de estabilidade funcional maior ou igual 15 anos, presença de nova fraqueza muscular por período > 1 ano e a exclusão de outras enfermidades que pudessem afetar a força muscular. A descrição da doença foi efetuada segundo aspectos relativos ao tempo, espaço e pessoa. A associação entre formas graves e exposições de interesse foi investigada pelas estimativas não ajustadas da "odds ratio", com os respectivos intervalos de confiança de 95 por cento, usando regressão logística não condicional.) Resultados: Dos 132 casos de SPP estudados, 63,6 por cento eram do sexo feminino; a mediana da idade foi de 45,5 anos. A mediana da idade da poliimielite aguda foi de 17 meses, do período de recuparação funcional foi de 3,0 anos e do período de estabilidade funcional 33,7 anos; 50,4 por cento foram considerados graves. Mostraram-se independentemente associados à gravidade: período de recuperação neurológica e funcional máximo menor ou igual 4 anos (OR= 2,8;IC 95 por cento:1,2-6,7), sequelacrônica de dois membros (OR=3,6;IC 95 por cento:1,5-8,7) e ter residido na época da poliomielite aguda em município com acesso a assistência médica de maior complexidade (OR=2,5;IC 95 por cento:1,1-5,6). Conclusões: A alta proporção de casos graves e as perdas funcionais dos pacientes com SPP no Brasil indicam a necessidade de políticas públicas focalizando o problema
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.10.2007
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CONDE, Mônica Tilli Reis Pessoa; WALDMAN, Eliseu Alves. Síndrome pós-poliomielite: aspectos epidemiológicos e prognósticos. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-06112007-205024/ >.
    • APA

      Conde, M. T. R. P., & Waldman, E. A. (2007). Síndrome pós-poliomielite: aspectos epidemiológicos e prognósticos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-06112007-205024/
    • NLM

      Conde MTRP, Waldman EA. Síndrome pós-poliomielite: aspectos epidemiológicos e prognósticos [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-06112007-205024/
    • Vancouver

      Conde MTRP, Waldman EA. Síndrome pós-poliomielite: aspectos epidemiológicos e prognósticos [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-06112007-205024/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020