Exportar registro bibliográfico

Fatores determinantes do índice de massa corporal em adolescentes de escolas públicas de Piracicaba, São Paulo (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ROMERO, ALEXANDRE - FSP
  • Unidades: FSP
  • Sigla do Departamento: HNT
  • Subjects: COMPOSIÇÃO CORPORAL; ESTADO NUTRICIONAL; NUTRIÇÃO DO ADOLESCENTE; CONSUMO DE ALIMENTOS; ATIVIDADE FÍSICA; OBESIDADE; FATORES DE RISCO; HÁBITOS ALIMENTARES; MODO DE VIDA; ANTROPOMETRIA
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução - O conhecimento dos fatores que contribuem para o desenvolvimento de distúrbios nutricionais como obesidade e desnutrição, na adolescência, é fundamental para a elaboração de programas que visam prevenir e combater esses problemas. O índice de massa corporal (IMC) tem sido o meio mais utilizado para diagnosticar obesidade e desnutrição em estudos populacionais. Objetivo - Verificar os fatores determinantes do índice de massa corporal de adolescentes matriculados nas escolas públicas de Piracicaba, São Paulo. Métodos - Os participantes foram entrevistados por meio de questionário, o qual possibilitou a coleta de informações demográficas e socioeconômicas, além das variáveis: atividade física e consumo alimentar. A amostra foi constituída por 328 adolescentes de ambos os sexos, matriculados entre a 4ª e a 7ª série de escolas públicas de Piracicaba, com idade mínima de 10 anos. Foi usado um modelo de regressão linear múltipla para verificar a associação entre as variáveis independentes e o IMC. Resultados - Dos 328 adolescentes, 54,3% eram meninas e 21,3% eram pré-púberes. Não foi observada diferença estatisticamente significativa entre as médias de IMC de meninos e meninas (p = 0,41). Enquanto as meninas consideradas fisicamente ativas apresentaram maior média de IMC do que as insuficientemente ativas (p = 0,03), os meninos não apresentaram diferença estatística entre as médias de IMC de ativos e insuficientemente ativos (p = 0,17). Para as meninas,apenas as variáveis idade e maturação sexual estiveram relacionadas ao IMC (p = 0,01 para ambas as variáveis). Já para os meninos, a maturação sexual foi a única variável estatisticamente relacionada ao IMC (p = 0,05). Conclusões - A maturação sexual foi determinante do IMC, para ambos os sexos, reforçando a idéia de que é fundamental levar em consideração essa variável em estudos que avaliam o estado ) nutricional em adolescentes. Acredita-se que estudos transversais, como o presente estudo, apresentem importantes limitações para avaliar a influência das variáveis socioeconômicas, nível de atividade física e consumo alimentar sobre o IMC dos adolescentes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.05.2007
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ROMERO, Alexandre; SLATER VILLAR, Betzabeth. Fatores determinantes do índice de massa corporal em adolescentes de escolas públicas de Piracicaba, São Paulo. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6133/tde-11102007-160122/ >.
    • APA

      Romero, A., & Slater Villar, B. (2007). Fatores determinantes do índice de massa corporal em adolescentes de escolas públicas de Piracicaba, São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6133/tde-11102007-160122/
    • NLM

      Romero A, Slater Villar B. Fatores determinantes do índice de massa corporal em adolescentes de escolas públicas de Piracicaba, São Paulo [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6133/tde-11102007-160122/
    • Vancouver

      Romero A, Slater Villar B. Fatores determinantes do índice de massa corporal em adolescentes de escolas públicas de Piracicaba, São Paulo [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6133/tde-11102007-160122/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020