Exportar registro bibliográfico

Pesquisa-ação sobre sexualidade e vulnerabilidade às IST/aids com alunos de graduação em enfermagem (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ALENCAR, RÚBIA DE AGUIAR - EERP
  • Unidades: EERP
  • Sigla do Departamento: ERP
  • Subjects: ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS (ENFERMAGEM); SEXUALIDADE; DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS; EDUCAÇÃO EM SAÚDE
  • Language: Português
  • Abstract: Nesta pesquisa, trabalhou-se com estudantes da graduação em Enfermagem de uma faculdade pública do interior paulista, propondo: avaliar os fatores de vulnerabilidade para o risco de contaminação às IST/aids (Infecções Sexualmente Transmissíveis), levantar informações gerais sobre o comportamento sexual desses sujeitos, consultar o entendimento dos pesquisados sobre o papel da graduação em relação à temática sexualidade e IST/aids e realizar uma oficina pedagógica à respeito da temática estudada. Para tanto, desenvolveu-se uma pesquisa mediada pela metodologia da pesquisa-ação, fundamentada em referencial teórico-metodológico de Paulo Freire. Coletou-se os dados, mediante questionário individual, com questões norteadoras cujos resultados evidenciaram haver diferenças entre o 1° e 4° ano em relação ao comportamento sexual, uso de métodos contraceptivos e opiniões sobre o papel da graduação. Houve entre os indivíduos uma mudança entre o método contraceptivo utilizado na primeira relação sexual (preservativo) e o método escolhido para o relacionamento atual (preservativo associado ao uso do anticoncepcional). O uso sistemático do preservativo ocorre mais entre os alunos do 1° ano do que entre os do 4° ano. Para obter conhecimento sobre sexualidade e IST/aids os alunos do último ano sugeriram metodologias de ensino mais participativas (debates, discussões, dinâmicas e oficinas) enquanto os alunos do 1° ano optaram por metodologias pouco participativas (aulasexpositivas e palestras) e participativas. Entre os alunos que estão saindo da faculdade a maioria relata ter obtido informações suficientes, enquanto a maior parte dos alunos do 1° ano tem expectativa de adquirir mais conhecimento sobre sexualidade e IST/aids. Encontramos que oitenta por cento dos alunos do 4° ano já haviam vivenciado alguma situação acadêmica onde tiveram que abordar questões sobre sexualidade e/ou ) IST/aids. Concluímos que a população estudada merece atenção especial por parte de seus educadores, uma vez que, durante toda a nossa pesquisa percebemos a motivação e o interesse em abordar a sexualidade humana e IST/aids. Acreditamos que dessa maneira estaremos formando enfermeiros críticos, autênticos, reflexivos e abertos ao diálogo para discutir a temática em apreço
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.08.2007
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALENCAR, Rúbia de Aguiar; BUENO, Sonia Maria Villela. Pesquisa-ação sobre sexualidade e vulnerabilidade às IST/aids com alunos de graduação em enfermagem. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-04102007-180934/ >.
    • APA

      Alencar, R. de A., & Bueno, S. M. V. (2007). Pesquisa-ação sobre sexualidade e vulnerabilidade às IST/aids com alunos de graduação em enfermagem. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-04102007-180934/
    • NLM

      Alencar R de A, Bueno SMV. Pesquisa-ação sobre sexualidade e vulnerabilidade às IST/aids com alunos de graduação em enfermagem [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-04102007-180934/
    • Vancouver

      Alencar R de A, Bueno SMV. Pesquisa-ação sobre sexualidade e vulnerabilidade às IST/aids com alunos de graduação em enfermagem [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-04102007-180934/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020