Exportar registro bibliográfico

Estudo da atividade respiratória de linhagens selvagens e transfectadas de células de insetos através de cultivos em biorreatores (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PAMBOUKIAN, MARILENA MARTINS - EP
  • Unidades: EP
  • Sigla do Departamento: PQI
  • Subjects: BIOQUÍMICA INDUSTRIAL; RESPIRAÇÃO; REATORES BIOQUÍMICOS; CÉLULAS; INSETOS; DROSOPHILA
  • Language: Português
  • Abstract: A velocidade específica de respiração (Qo2) é um parâmetro fundamental para entender-se o metabolismo e o estado fisiológico celular, fornecendo informações úteis para o processo e controle em biorreatores. Neste trabalho, cultivou-se diferentes células de insetos em ambiente controlado medindo-se o Qo2 e concentração crítica de oxigênio (Ccrít). Foram utilizadas nos ensaios células de insetos Spodoptera frugiperda (Sf9) não infectadas e células de Drosophila melanogaster (S2) selvagem e recombinantes, utilizadas na expressão de diferentes proteínas. Todas as experiências foram realizadas em biorreator Inceltech com volume de trabalho de 1L, mantido a temperatura de 28°C, agitação de 100 rpm e oxigênio dissolvido (OD) a 40% da saturação de ar, com difusão por membrana de silicone com mistura gasosa (O2 e N2) e vazão gasosa constante. Foi utilizado meio de cultura Sf900II sem soro fetal bovino. O Qo2 foi medido pelo método dinâmico e pelo balanço de oxigênio na fase líquida. Neste trabalho foi implementado um novo processo durante o método dinâmico para interromper completamente a transferência gasosa durante a execução deste método. Implementou-se também uma metodologia para medição de Ccrít. Chegou-se a concentrações máximas celulares (Xm), velocidades máximas específicas de respiração (Qo2) na fase exponencial e Ccrít, conforme segue: 1) Sf9 (ATCC 1711): Xm - 10,7.106 cel/mL; Qo2 - 74,7.10-18 molO2/(cel.s); 2) S2 (Invitrogen): Xm - 51,2.106 cel/mL; Qo2 - 3,4.10-18 molO2/(cel.s); Ccrít - 10%; 3) S2AcGPV2 (transfectadas para expressão de GPV): Xm - 26,6.106 cel/mL; Qo2 -16,0.10-18 molO2/(cel.s); Ccrít - 10%; 4) S2MtEGFP (transfectadas para expressão de EGFP): Xm - 17,8.106 cel/mL; Qo2 - 25,8.10-18 molO2/(cel.s); Ccrít - 5%; ) 5) S2AcHBsAgHy (transfectadas para expressão de HBsAg): Xm - 16,6.106 cel/mL; Qo2 -33,6.10-18 molO2/(cel.s); Ccrít - 12%.Conclui-se que as linhagens selvagens e transfectadas de S2 possuem entre si.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.07.2007
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PAMBOUKIAN, Marilena Martins; TONSO, Aldo. Estudo da atividade respiratória de linhagens selvagens e transfectadas de células de insetos através de cultivos em biorreatores. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-08012008-161633/ >.
    • APA

      Pamboukian, M. M., & Tonso, A. (2007). Estudo da atividade respiratória de linhagens selvagens e transfectadas de células de insetos através de cultivos em biorreatores. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-08012008-161633/
    • NLM

      Pamboukian MM, Tonso A. Estudo da atividade respiratória de linhagens selvagens e transfectadas de células de insetos através de cultivos em biorreatores [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-08012008-161633/
    • Vancouver

      Pamboukian MM, Tonso A. Estudo da atividade respiratória de linhagens selvagens e transfectadas de células de insetos através de cultivos em biorreatores [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-08012008-161633/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020