Exportar registro bibliográfico

Envolvimento de circuitos opiodérgicos e GABAérgicos do núcleo magno da rafe e sua conexão com a área parabraquial ventral na modulação das respostas de imobilidade tônica e nociceptiva em cobaias (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, LUIS FELIPE SOUZA DA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFI
  • Assunto: FISIOLOGIA ANIMAL
  • Language: Português
  • Abstract: A imobilidade tônica (IT) é uma resposta defensiva inata, caracterizada por um estado de profunda inatividade física e relativa falta de responsividade ao meio ambiente. Alguns estudos têm demonstrado que os animais submetidos à IT apresentam antinocicepção mediada pela liberação de opióides endógenos. O núcleo magno da raie (NMR) tem sua função intimamente relacionada com a modulação de respostas antinociceptivas. Evidências apontam para a participação de circuitos GABAérgicos e opioidérgicos do NMR na coordenação de respostas nociceptivas. Além disso, foi demonstrado que a microinjeção de agonistas colinérgicos no NMR promoveram antinocicepção e redução na duração da IT. Alguns trabalhos sugerem que essas respostas mediadas pela estimulação colinérgica do NMR possivelmente dependem de suas conexões com a área parabraquial ventral (PBv). O objetivo do presente trabalho foi avaliar a influência da interação opioidérgica e GABAérgica no NMR na modulação das respostas de IT e da vocalização induzida pela aplicação de um estimulo elétrico, em cobaias. Além disso, verificar se as respostas comportamentais de IT e antinociceptivas observadas após a estimulação colinérgica do NMR dependem de suas conexões com a PBv. Os resultados do presente trabalho demonstraram que a microinjeção de morfina (4,4 nmol/ 0,2 µl) e de bicuculina (0,4 nmoV 0,2 µl) no NMR, causaram um aumento na duração dos episódios de IT e antinocicepção em cobaias. Por outro lado, a microinjeção demuscimol (0,5 nmol) no mesmo sítio promoveu uma redução na duração da IT e hiperalgesia. Além disso, ambas as respostas produzidas pela administração de morfina no NMR foram bloqúeadas pela microinjeção prévia de naloxone (2,7 nmol/0,2 µl) ou muscimol (0,25 nmol) no NMR. Os experimentos realizados com o objetivo de avaliar a conexão funcional entre o NMR e a PBv nas respostas de IT e vocalização demonstraram que a microinjeção de carbacol (CCh) no NMR produziu uma redução na resposta defensiva de IT e antinocicepção. Além disso, a inativação funcional prévia da área PBv (com lidocaína) bloqueou ambas as respostas mediadas pela microinjeção de CCh no NMR. Esses dados foram reforçados pelos resultados do estudo neuroanatômico, o qual demonstrou a presença de projeções do NMR para a PBv. Assim, os nossos resultados sugerem que a ativação de receptores opióides no NMR tem uma ação facilitatória na modulação da resposta de IT, enquanto que a neurotransmissão GABAérgica atua inibindo essa resposta. Além disso, a ação dos opióides possivelmente ocorre por meio da inibição de interneurônios GABAérgicos tonicamente ativos. As alterações comportamentais observadas indicam que o NMR modula tanto respostas comportamentais defensivas quanto nociceptivas, e a existência de tipos celulares funcionalmente distintos fornece um substrato neural que permite um controle bi-direcional das respostas moduladas por essa estrutura. Além disso,verificamos que a antinocicepção e a redução da IT mediadas pela estimulação colinérgica do NMR dependem da conexão do NMR com a área PBv
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.09.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Luis Felipe Souza da; MENESCAL-DE-OLIVEIRA, Leda. Envolvimento de circuitos opiodérgicos e GABAérgicos do núcleo magno da rafe e sua conexão com a área parabraquial ventral na modulação das respostas de imobilidade tônica e nociceptiva em cobaias. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Silva, L. F. S. da, & Menescal-de-Oliveira, L. (2007). Envolvimento de circuitos opiodérgicos e GABAérgicos do núcleo magno da rafe e sua conexão com a área parabraquial ventral na modulação das respostas de imobilidade tônica e nociceptiva em cobaias. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Silva LFS da, Menescal-de-Oliveira L. Envolvimento de circuitos opiodérgicos e GABAérgicos do núcleo magno da rafe e sua conexão com a área parabraquial ventral na modulação das respostas de imobilidade tônica e nociceptiva em cobaias. 2007 ;
    • Vancouver

      Silva LFS da, Menescal-de-Oliveira L. Envolvimento de circuitos opiodérgicos e GABAérgicos do núcleo magno da rafe e sua conexão com a área parabraquial ventral na modulação das respostas de imobilidade tônica e nociceptiva em cobaias. 2007 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021