Exportar registro bibliográfico

Efeito da hiperglicemia aguda sobre a atividade dos nervos depressor aórtico e simpático renal do rato (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: HUBER, DOMITILA AUGUSTA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFI
  • Assunto: FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do presente estudo foi investigar, em ratos Wistar normais, o efeito da hiperglicemia aguda sobre a atividade dos nervos depressor aórtico (NDA) e simpático renal (NSR), e sobre o controle barorreflexo da freqüência cardíaca (FC). A atividade do NDA foi registrada sob anestesia de pentobarbital sádico, simultaneamente com a PA (PA). A hiperglicemia foi induzida por meio da administração endovenosa de solução de glicose 30%, em bolus (0,25 mL), seguida de infusão contínua (1 mL/h) durante 30 mino Animais tratados com solução de manitol 30%, ou salina 0,9%, foram utilizados como grupos controles. A função barorreceptora foi estudada por meio da curva de PA versus atividade do NDA, e, também, por meio da análise espectral cruzada entre PA média (PAM) e atividade do NDA foi calculada a magnitude da função de transferência (razão da potência entre a PAM e a atividade do NDA) a qual representa o ganho da atividade do NDA. A análise espectral cruzada foi aplicada durante oscilações de baixa freqüência (BF) da PA, induzida por meio da retirada e reinfusão de sangue na artéria femoral, a fim de simular a modulação simpática sobre o tônus vascular, e, também, durante as oscilações de alta freqüência (AF) da PA decorrentes da respiração. Os ratos tratados com glicose apresentaram um aumento da glicemia, enquanto os ratos tratados com salina, ou manitol, apresentaram níveis normoglicêmicos. A osmolaridade plasmática aumentou com a infusão de glicose, oumanitol, e não foi afetada pela infusão de salina. A PAM não foi afetada por nenhuma das substâncias infundidas. O ganho do NDA calculado por meio da curva sigmoidal foi semelhante entre os ratos tratados com salina, glicose ou manitol. A magnitude da função de transferência, obtida pela análise espectral cruzada entre PAM e atividade do NDA, não foi alterada com a infusão de salina, glicose ou manitol, durante as oscilações da PA de BF e, também, de AF. O registro do NSR foi realizado em ratos acordados, 6 a 8 horas após o procedimento cirúrgico. Os animais receberam administração endovenosa de solução de glicose 50%, ou solução de manitol 30%, em bolus (0,25 mL), seguida de infusão contínua (2 mL/h) durante 30 mino A atividade do NSR foi estudada por meio da quantificação de sua atividade espontânea (% basal), por meio da curva de PA versus neural, e, também, por meio da análise espectral cruzada entre a PAM e atividade do NSR foi calculada a magnitude da função de transferência (razão da potência entre a PAM e a atividade do NSR) durante as oscilações de BF e AF da PA. Também foi avaliado, nos animais acordados, o controle barorreflexo da FC, por meio da curva de PAM versus FC, e, também, por meio da análise espectral cruzada entre a PA sistólica e o intervalo de pulso, durante as oscilações da PA de BF. Os resultados demonstraram uma conspícua hiperglicemia e hiperosmolaridade após a infusão de glicose, enquanto a infusão de manitol aumentou,apenas, a osmolaridade. A PAM não se alterou com a infusão de nenhuma das substâncias. A atividade média do NSR se apresentou reduzida após 10 min de infusão de glicose, e assim permaneceu ao longo dos 30 min de registro. Manitol não alterou a atividade média do NSR. A faixa de atividade do NSR, obtida pela curva de PAM versus atividade neural, foi reduzida após 30 min de infusão de glicose, enquanto o ganho não foi alterado. . Os parâmetros examinados acima não foram alterados pelo manitol. A magnitude da função de transferência, obtida pela análise espectral cruzada entre PAM e atividade do NSR foi semelhante entre os ratos tratados com glicose, ou manitol, durante as oscilações da PA de BF, e, também, de AF. O controle barorreflexo da FC não foi alterado pela glicose, ou manitol. Conclui-se, por meio de dois métodos distintos, e igualmente robustos, para se avaliar a aferência do barorreflexo, que a atividade do NDA não foi alterada pela hiperglicemia aguda induzida em ratos anestesiados. Entretanto, a hiperglicemia aguda induzida em ratos acordados promoveu redução da atividade espontânea do NSR e do seu controle barorreflexo, avaliado por meio da curva de PAM e atividade neural. O controle barorreflexo da FC não foi alterado pela hiperglicemia aguda induzida em ratos acordados, sugerindo que a glicose pode afetar, diferencialmente, o controle reflexo do coração e dos rins
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.09.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      HUBER, Domitila Augusta; SALGADO, Helio Cesar. Efeito da hiperglicemia aguda sobre a atividade dos nervos depressor aórtico e simpático renal do rato. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Huber, D. A., & Salgado, H. C. (2007). Efeito da hiperglicemia aguda sobre a atividade dos nervos depressor aórtico e simpático renal do rato. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Huber DA, Salgado HC. Efeito da hiperglicemia aguda sobre a atividade dos nervos depressor aórtico e simpático renal do rato. 2007 ;
    • Vancouver

      Huber DA, Salgado HC. Efeito da hiperglicemia aguda sobre a atividade dos nervos depressor aórtico e simpático renal do rato. 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021