Exportar registro bibliográfico

Expressão gênica do receptor de IGF-1 em células da granulosa luteinizadas de mulheres com síndrome dos ovários policísticos (SOP), não obesas, com sensibilidade à insulina normal, tratadas e não tratadas com metformina (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTANA, LAURA FERREIRA - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGO
  • Subjects: SÍNDROME DO OVÁRIO POLICÍSTICO; EXPRESSÃO GÊNICA
  • Language: Português
  • Abstract: OBJETIVO: avaliação da expressão gênica do receptor do fator de crescimento semelhante à insulina de (Insu/in-Like Growth Factor -IGF) 1 em células da granulosa luteinizadas do cumu/us de mulheres não obesas, com sensibilidade à insulina normal, com síndrome dos ovários policísticos (SOP) tratadas e não tratadas com metfonnina. MODELO DO ESTUDO: prospectivo, longitudinal, randomizado. PACIENTES E MÉTODOS: avaliamos 12 mulheres com ciclos ovulatórios, 9 mulheres com SOP e 8 mulheres com SOP e tratadas com metfonnina, ao menos 8 semanas na dose de 1.700 mg/dia. Todos os grupos foram similares com relação ao peso, ao índice de massa corporal (IMC), à circunferência da cintura e com sensibilidade à insulina normal. Todas as mulheres foram submetidas à estimulação ovariana controlada com uso de agonista de GnRH em protocolo longo e gonadotrofinas para ciclos de FIV /ICSI. As células da granulosa do cumulus foram obtidas por microdissecção dos cinco maiores folículos pré-ovulatórios. A expressão gênica do receptor de IGF-1 foi determinada com técnica da Reação da Polimerase em Cadeia a partir da Transcrição Reversa (Reverse transcriptase -Po/ymerase Chain Reaction RT -PCR) semiquantitativa. Foram avaliadas as concentrações séricas e foliculares de estradiol, progesterona, testosterona, hormônio folículo estimulante (Follic/e-Stimu/ating Hormone -FSH), hormônio luteinizante (Luteinizing Hormone -LH), Sex Hormone-Binding G/obulin (SHBG), glicose, insulina e IGF-1. Para análiseestatística, foram utilizados os testes: ANOVA, Newman-Keuls, coeficiente de Pearson e regressão linear múltipla, sendo considerado nível de significância de 5%. RESULTADOS: não foram observadas diferenças com relação à expressão gênica do receptor de IGF-l nos três grupos analisados (P>0,05). O número de oócitos (20,4 vs. 13,1 vs. 11,5, P=0,009), os níveis séricos de estradiol (1.896,00 pcg/mL vs. 985,20 pcg/mL vs. 908,10 pcg/mL, P =0,03) e testosterona (1,43 ng/mL vs. 0,89 ng/mL vs. 0,82 ng/mL pcg/mL, P = 0,02) foram maiores no grupo de mulheres com SOP não tratadas com metformina em comparação com as mulheres com ciclos ovulatórios e tratadas com metformina, respectivamente. As mulheres com ciclos ovulatórios (50.710±42.520 ng/mL) apresentaram maiores concentrações foliculares de progesterona quando comparados com as mulheres com SOP tratadas (13.660±5.212 ng/mL) e não tratadas com metformina (17.680±6.644 ng/mL) (P=0,01). Na avaliação da regressão múltipla, a testosterona sérica não sofreu influência da expressão gênica do receptor de IGF-l ou do IMC. CONCLUSÕES: as altas concentrações séricas de estradiol e testosterona, maior número de oócitos no grupo de mulheres com SOP não tratadas com metfonnina nos levam a concluir que mulheres com SOP provavelmente têm uma maior sensibilidade à estimulação da esteroidogênese ovariana quando comparadas com mulheres sem essa doença, embora não tenha sido encontrada diferença na expressão doreceptor de IGF-l nos três grupos analisados. A similaridade dos resultados deste estudo entre mulheres com SOP tratadas com metformina e com ciclos ovulatórios nos levam a "hipotetizar" que um dos possíveis mecanismos de ação da metformina no sistema IGF-1 nas células da granulosa do cumu/us poderia ser por mecanismos pós-receptores
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.08.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTANA, Laura Ferreira; REIS, Rosana Maria dos. Expressão gênica do receptor de IGF-1 em células da granulosa luteinizadas de mulheres com síndrome dos ovários policísticos (SOP), não obesas, com sensibilidade à insulina normal, tratadas e não tratadas com metformina. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Santana, L. F., & Reis, R. M. dos. (2007). Expressão gênica do receptor de IGF-1 em células da granulosa luteinizadas de mulheres com síndrome dos ovários policísticos (SOP), não obesas, com sensibilidade à insulina normal, tratadas e não tratadas com metformina. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Santana LF, Reis RM dos. Expressão gênica do receptor de IGF-1 em células da granulosa luteinizadas de mulheres com síndrome dos ovários policísticos (SOP), não obesas, com sensibilidade à insulina normal, tratadas e não tratadas com metformina. 2007 ;
    • Vancouver

      Santana LF, Reis RM dos. Expressão gênica do receptor de IGF-1 em células da granulosa luteinizadas de mulheres com síndrome dos ovários policísticos (SOP), não obesas, com sensibilidade à insulina normal, tratadas e não tratadas com metformina. 2007 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020