Exportar registro bibliográfico

Variações na acumulação de matéria orgânica, ao longo do holoceno, em sedimentos da região costeira de Ubatuba-São Paulo (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SONVESSO, SIMONE SANDRA - IO
  • Unidades: IO
  • Sigla do Departamento: IOF
  • Subjects: SEDIMENTOLOGIA; HOLOCENO; MATÉRIA ORGÂNICA DO SOLO
  • Language: Português
  • Abstract: Mudanças na taxa de acumulação e na natureza da matéria orgânica sedimentar, e suas relações com as variações climáticas e flutuações do nível relativo do mar durante os últimos 8.500 anos cal. A.P. foram investigadas em dois testemunhos provenientes do Saco de Ribeira, Enseada do Flamengo, e junto à praia do Lázaro, Enseada da Fortaleza, na região de Ubatuba, litoral norte do Estado de São Paulo. Para o estudo as amostras coletadas foram submetidas a diversas análises - granulometria, teor de 'CaCo IND.3', teores de Carbono orgânico, Nitrogênio e Enxofre totais, e razões isotópicas de carbono. Datações 'ANTPOT. 14 C', calibradas para a idade calendário, permitiram estabelecer um modelo de idades para as variações sedimentares detectadas. Intervalos de clima mais quente, 8.000-6.000 anos cal. A.P., foram acompanhados de um aumento na taxa de acumulação de carbono T.A.C. (10-13 g/'m POT.-2' 'ano POT.-1'), seguida de diminuição após 5.000 anos cal. A.P., para valores inferiores a 2 g 'm POT.-2' 'ano POT.-1'. Variações climáticas regionais, possivelmente relacionadas a chuvas torrenciais, próximos ao máximo transgressivo, de 5.100 anos 'ANTPOT.14 C.A.P.', foram detectadas pelo aumento nos valores de T.A.C. (10-12 g. 'm POT.-2' 'ano POT.-1'), aumento nas taxas de acumulação de massa (T.A.M.) e deposição de sedimentos mais grossos, acompanhados de aumento na tendência continental da natureza da matéria orgânica. As maiores tendências continentais damatéria orgânica sedimentar, registradas aproximadamente entre 1.500-1.200 anos cal. A.P., podem ser decorrentes de uma oscilação negativa do nível do mar. No geral, todos os resultados estão de acordo com as curvas de variação do nível relativo do mar, já descritas na literatura. As análises sedimentares da região estudada revelaram um evento regressivo-transgressivo, que ainda não havia sido referido para o Estado de São Paulo. A partir de 'DA ORDEM DE'2.000 anos cal.(continua) ) A.P., o mar teria atingido um nível mais baixo que o atual, com o mínimo provalvelmente entre 1.500-1.200 anos cal. A.P., e encontra-se em ascenção até os dias atuais. As características anóxicas e a matéria orgânica sedimentar de origem planctônica registradas junto à praia de Lázaro, em meio a condições de energia relativamente mais alta, em 'DA ORDEM DE' 900 anos cal. A.P., foram considerados como resultado de condições óxicas das águas, acompanhadas de altas taxas de produtividade, e subseqüente degradação da matéria orgânica, existentes no período anterior
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.04.2007
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SONVESSO, Simone Sandra; MAHIQUES, Michel Michaelovitch de. Variações na acumulação de matéria orgânica, ao longo do holoceno, em sedimentos da região costeira de Ubatuba-São Paulo. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, BSP, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/21/21133/tde-01072008-103231/ >.
    • APA

      Sonvesso, S. S., & Mahiques, M. M. de. (2007). Variações na acumulação de matéria orgânica, ao longo do holoceno, em sedimentos da região costeira de Ubatuba-São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo, BSP. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/21/21133/tde-01072008-103231/
    • NLM

      Sonvesso SS, Mahiques MM de. Variações na acumulação de matéria orgânica, ao longo do holoceno, em sedimentos da região costeira de Ubatuba-São Paulo [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/21/21133/tde-01072008-103231/
    • Vancouver

      Sonvesso SS, Mahiques MM de. Variações na acumulação de matéria orgânica, ao longo do holoceno, em sedimentos da região costeira de Ubatuba-São Paulo [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/21/21133/tde-01072008-103231/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020