Exportar registro bibliográfico

Identificação de células-tronco multipotenciais no tecido peritonial de camundongos NOD/scid (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: VITORELLI, ELAINE CRISTINA PEREIRA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: CÉLULAS-TRONCO; MEDULA ÓSSEA; DIFERENCIAÇÃO CELULAR
  • Language: Português
  • Abstract: As células-tronco mesenquimais (CTMs) foram inicialmente descritas na medula óssea de adultos e caracterizadas pela baixa freqüência, aspecto fibroblastóide, aderência à superfícies plásticas, potencial de diferenciação em diversos tecidos de origem : mesodérmica, capacidade de sustentar a hematopoese e baixa imunogenicidade. Atualmente, essas células têm sido isoladas de um grande número de tecidos adultos e fetais em diferentes espécies. O nosso grupo tem isolado e identificado CTMs de tecidos humanos, fetais e adultos, e mostrado suas similaridades com fibroblastos e pericitos (Covas, com. pessoal). O tecido peritonial apresenta capacidade de reconstituição mediante diferentes episódios de peritonites, entretanto, o mecanismo desse processo não é conhecido e a biologia da membrana peritonial não está completamente caracterizada. O objetivo desse trabalho consistiu em investigar a possível existência de células-tronco multipotenciais, com características similares às CTMs da medula óssea, no tecido peritonial visceral de camundongos NOD/scid. Para tanto, foram isoladas as células da medula óssea e do tecido peritonial de camundongos NOD/scid e colocadas em cultivo para expansão, caracterização morfológica, fenotípica e, quanto ao seu potencial de diferenciação em adipócitos, osteócitos e condrócitos. A medula óssea foi coletada do canal medular das tíbias e fêmures dos camundongos e, o aspirado celular total, foi ressuspenso em meio 'alfa'-MEM suplementado com15% SBF. A membrana peritonial foi submetida à digestão com colagenase e, o extrato celular, colocado em cultivo sob as mesmas condições que as células da medula óssea. Para o isolamento das CTMs de ambos os tecidos, utilizou- se o protocolo clássico de aderência ao plástico. Durante a expansão celular foram observadas células com morfologia fibroblastóide, similares às CTMs da medula óssea. Após a terceira passagem celular, foi realizada a caracterização fenotípica e funcional das mesmas. A análise fenotípica mostrou um padrão de expressão de moléculas de superfície similares às CTMs da MO e à linhagem celular controle M2-10B4, isto é, foram positivas para Sca-1, CD29 e CD44, e negativas para os marcadores hematopoéticos (CD34 e CD 117) e endoteliais (CD31). No que diz respeito ao aspecto funcional, os estudos de adipogênese e osteogênese demonstraram, em ambos os tecidos, a indução da expressão dos genes Adipsina e Osteopontina por RT-PCR. Análises citoquímicas mostraram a presença de gotículas lipídicas após a coloração por Sudan II/Scarlat e de nódulos mineralizados após a coloração por von Kossa, confirmado o potencial de diferenciação em adipócitos e osteócitos. Finalmente, o potencial condrogênico foi confirmado, uma vez que a imuno-reatividade positiva para colágeno tipo 11 foi detectada. Em conclusão, os presentes achados demonstram a ocorrência de células-tronco multipotentes no tecido peritonial, com morfologia, perfilfenotípico e potencial de diferenciação similares às CTMs da MO. Futuros estudos de análise de expressão gênica em CTMs da MO e do tecido peritonial, permitirão a compreensão mais detalhada das similaridades e diferenças entre esses tipos celulares distintos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.06.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VITORELLI, Elaine Cristina Pereira; FONTES, Aparecida Maria. Identificação de células-tronco multipotenciais no tecido peritonial de camundongos NOD/scid. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Vitorelli, E. C. P., & Fontes, A. M. (2007). Identificação de células-tronco multipotenciais no tecido peritonial de camundongos NOD/scid. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Vitorelli ECP, Fontes AM. Identificação de células-tronco multipotenciais no tecido peritonial de camundongos NOD/scid. 2007 ;
    • Vancouver

      Vitorelli ECP, Fontes AM. Identificação de células-tronco multipotenciais no tecido peritonial de camundongos NOD/scid. 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021