Exportar registro bibliográfico

Palavra: rota de salvação em Xerazade e os Outros e As horas nuas (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: ALCÂNTARA, LIEM HANI DE - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLC
  • Subjects: LITERATURA COMPARADA; LITERATURA BRASILEIRA; LITERATURA PORTUGUESA (CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: A tragicidade permite ser um canal comunicante entre o romance português, Xerazade e os Outros - Romance/Tragédia em forma de (1964) , de Fernanda Botelho e o brasileiro, As horas nuas (1989), de Lygia Fagundes Telles, por seu objeto que, não necessariamente possível, mas crível, nasce da tensão entre o ser e o mundo. É nesse estado de não-estar ou de não-poder-estar, ou, ainda, não-ser que as personagens vivenciam seus papéis.São pelas ações, especificamente pelos discursos praticados (monólogo ou diálogo interiores), que elas se descobrem e legitimam a metamorfose de personagem em personalidade. É pela palavra que as personagens re-criam seu mundo ou reformam sua visão distorcida de mundo, isto é, é pela Arte que elas engendram um novo olhar ou uma nova realidade.Assim, é que, Rosa Ambrósio, em As horas nuas, preenche de significado seu tempo vazio; que o gato Rahul conhece a si e aos outros através das migrações temporais; que a analista Ananta Medrado rompe com a lógica e se encontra na loucura. Ainda, é pela mesma rota que, em Xerazade e os Outros - Romance/Tragédia em forma de, Maria Luísa rompe com a cancela que a prende a tudo que representa seu esposo (big boss); que Gil Dinis dá significado ao seu olhar compromissado, até então, com a banalidade; que Alberto Fontinhas arquiteta seu mundo consciente, mesmo que anemicamente.Enfim, instrumentalizadas de uma apurada técnica de organização literária e utilizando-se de estruturação anti-linear, seja pelamultiplicidade de vozes, seja pelo fluxo-de-consciência, que Fernanda Botelho e Lygia Fagundes Telles, conseguem superar as limitações do discurso tradicional e proporcionar aos romances, Xerazade e os Outros - Romance/Tragédia em forma de e As horas nuas, uma força criativa excepcional, a ponto de torná-los num mecanismo de luta contra o cotidiano banalizado e do non-sense
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.05.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALCÂNTARA, Liem Hani de; COELHO, Nelly Novaes. Palavra: rota de salvação em Xerazade e os Outros e As horas nuas. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.
    • APA

      Alcântara, L. H. de, & Coelho, N. N. (2007). Palavra: rota de salvação em Xerazade e os Outros e As horas nuas. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Alcântara LH de, Coelho NN. Palavra: rota de salvação em Xerazade e os Outros e As horas nuas. 2007 ;
    • Vancouver

      Alcântara LH de, Coelho NN. Palavra: rota de salvação em Xerazade e os Outros e As horas nuas. 2007 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021