Exportar registro bibliográfico

Estudo morfológico e quantitativo do rim de ratos Wistar submetidos à infecção experimental pelo Trypanosoma cruzi (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: AGUSTINI, MARIA CRISTINA - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCA
  • Subjects: RIM; TRYPANOSOMA CRUZI; MORFOMETRIA; DOENÇA DE CHAGAS
  • Language: Português
  • Abstract: A doença de Chagas é um importante problema de saúde pública na América Latina e constitui no Brasil, um dos problemas médico-sociais mais graves. No início da infecção, a fase aguda da doença, pode causar morte, devido à meningoencefalite e, mais raramente, à falência cardíaca provocada pela miocardite aguda difusa. Causa morte também em pacientes imunodeprimidos, como é o caso de receptores de órgãos, após o transplante de doadores chagásicos, leucemia ou linfoma. Neste caso a doença atinge aspectos clínicos muito mais graves do que nas formas agudas resultantes da transmissão por transfusões sangüíneas ou por triatomíneos. Com o objetivo de avaliar os efeitos da infecção por Trypanosoma cruzi cepa Y, sobre os rins de ratos Wistar nas fases aguda (7 dias) e crônica (50 e 185 dias) da doença, foram analisados ao nível de microscopia de luz, tanto o parênquima como o estroma do referido órgão. Em um sistema semi-automático de análise de imagens da Kontron- Bildanalyse (Mini-Mop), foram analisados os parâmetros área, diâmetros máximo e mínimo de 100 corpúsculos renais de cada animal controle e infectado. A observação morfológica do córtex renal dos animais chagásicos na fase aguda mostra um discreto infiltrado inflamatório intersticial e edema. Nos animais do grupo chagásico de 50 dias foi observado um infiltrado intersticial mais intenso e as células dos túbulos contorcidos proximais apresentaram vacuolização com lesão de sua orla em escova. No grupo eutanasiado aos185 dias observou-se também infiltrado inflamatório e túbulos contorcidos proximais com agravamento da lesão de suas células e orlas em escova. Os parâmetros área, diâmetros máximo e mínimo dos corpúsculos renais analisados I morfometricamente mostraram-se maiores nos animais chagásicos, de 7 e 185 dias em relação aos seus respectivos controles (p'< OU='0,05). Tanto o peso dos animais chagásicos do grupo de 50 dias, quanto as áreas e os diâmetros máximo e mínimo foram menores quando comparados com os seus controles. Estes dados mostram que a cepa Y de Trypanosoma cruzi provoca alterações morfológicas e morfométricas que atingem o interstíCio, os túbulos e os corpúsculos do rim de ratos da linhagem Wistar
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.06.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AGUSTINI, Maria Cristina; LACHAT, João José. Estudo morfológico e quantitativo do rim de ratos Wistar submetidos à infecção experimental pelo Trypanosoma cruzi. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Agustini, M. C., & Lachat, J. J. (2007). Estudo morfológico e quantitativo do rim de ratos Wistar submetidos à infecção experimental pelo Trypanosoma cruzi. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Agustini MC, Lachat JJ. Estudo morfológico e quantitativo do rim de ratos Wistar submetidos à infecção experimental pelo Trypanosoma cruzi. 2007 ;
    • Vancouver

      Agustini MC, Lachat JJ. Estudo morfológico e quantitativo do rim de ratos Wistar submetidos à infecção experimental pelo Trypanosoma cruzi. 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020