Exportar registro bibliográfico

Efeito dos agonista B - adrenérgicos sobre o relaxamento vascular em aorta de ratos hipertensos renais (2R-1C) (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: RASCADO, RICARDO RADIGHIERI - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFA
  • Subjects: FÁRMACOS (SISTEMA CARDIOVASCULAR); RECEPTORES ADRENÉRGICOS; FARMACOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O relaxamento induzido pela isoprenalina em aorta de ratos 2R-1C pode sofrer interferência do agonista utilizado na pré-contração. Assim sendo, para se estudar drogas que atuam sobre receptores ß-adrenérgicos, deve-se evitar o uso de catecolaminas como noradrenalina e fenilefrina. Em nosso estudo, a prostaglandina F2a mostrou-se um agonista mais adequado para produzir a pré-contração necessária para o estudo do relaxamento via receptores ß-adrenérgicos. Além disso, para evitar os possíveis efeitos a-adrenérgicos da isoprenalina, no estudo dos receptores ß-adrenérgicos, verificamos que foi necessário o uso do prazosin, antagonista a1-adrenérgico.O relaxamento induzido pela isoprenalina foi menor em aorta de ratos 2R-1 C que de ratos 2R, independentemente do agonista contrátil utilizado, indicando que existe um prejuízo no relaxamento induzido pelo agonista ß-adrenérgico na hipertensão arterial. O relaxamento induzido pela forscolina, ativador direto da enzima adenilato ciclase foi semelhante entre aortas de ratos 2R-1C e 2R, e também entre artérias pré-contraídas com fenilefrina ou PGF2a. Estes resultados indicam que a produção de AMPc não é inibida na aorta de ratos 2R-1C e que o agonista utilizado para produzir contração também não interferiu na produção de AMPc. Em relação aos outros agonistas ß-adrenérgicos a isoprenalina mostrou-se mais potente que a terbutalina, um agonista ß2-adrenérgico seletivo, e que o BRL 37344, um agonista ß3-adrenérgico. O cianopindolol,um agonista ß4-adrenérgico seletivo não foi capaz de induzir relaxamento vascular como os demais agonistas ß- adrenérgicos. Estudando o mecanismo de relaxamento induzido pela isoprenalina, nossos dados sugerem a participação do oxido nítrico (NO), uma vez que esse relaxamento foi diminuído em preparações pré-incubadas com os inibidores da NO-sintase e guanilato ciclase L-NAME e ODQ, respectivamente. A participação dos fatores endoteliais parece ser mais importante em aorta de ratos 2R do que de ratos 2R-1C. O NO também parece participar da resposta relaxante induzida pelos agonistas terbutalina e BRL 37344, sendo mais importante no relaxamento em anéis de aorta de ratos normotensos do que em anéis de aorta de ratos hipertensos. Os nossos resultados sugerem a participação dos subtipos de receptores ß2 e ß3-adrenérgicos no relaxamento de anéis de aorta de ratos normotensos e hipertensos renais. Parece haver maior predominância de receptores ß2-adrenérgicos e praticamente não há evidências de receptores ß-4-adrenérgicos em aorta de ratos. Demonstramos que os efeitos dos agonistas l3-adrenérgicos foram reproduzidos em estudos in vitro, in situ e in vivo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.05.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RASCADO, Ricardo Radighieri; BENDHACK, Lusiane Maria. Efeito dos agonista B - adrenérgicos sobre o relaxamento vascular em aorta de ratos hipertensos renais (2R-1C). 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Rascado, R. R., & Bendhack, L. M. (2007). Efeito dos agonista B - adrenérgicos sobre o relaxamento vascular em aorta de ratos hipertensos renais (2R-1C). Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Rascado RR, Bendhack LM. Efeito dos agonista B - adrenérgicos sobre o relaxamento vascular em aorta de ratos hipertensos renais (2R-1C). 2007 ;
    • Vancouver

      Rascado RR, Bendhack LM. Efeito dos agonista B - adrenérgicos sobre o relaxamento vascular em aorta de ratos hipertensos renais (2R-1C). 2007 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021