Exportar registro bibliográfico

Caracterização molecular da via de modificação pós-traducional de proteínas dependente de SUMO em Schistosoma mansoni (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: CABRAL, FERNANDA JANKU - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Subjects: SCHISTOSOMA MANSONI; DNA; BIOQUÍMICA
  • Language: Português
  • Abstract: Os parasitas do gênero Schistosoma são agentes causadores da esquistossomose, uma doença crônica, que desabilita os indivíduos portadores e afeta milhares de pessoas em vários locais do planeta. O S. mansoni apresenta um ciclo de vida complexo dependente de dois hospedeiros: um invertebrado, o caramujo, do gênero Biomphalária; e o definitivo, o homem. Recentemente, o consórcio de sequenciamento do transcriptoma do parasita, liberou cerca de 14.000 ESTs, representando cerca de 92% dos genes expressos pelo parasita. Essas seqüências incluem genes responsáveis pelo metabolismo, integridade celular e vias de modificação pós-traducionais. Até o momento, poucas informações são conhecidas sobre o papel das modificações pós-traducionais no desenvolvimento do parasita. A SUMO, da sigla em inglês Small ubiquitin modifier, é covalentemente ligada a um amplo espectro de substratos e pode regular a atividade de várias proteínas eucarióticas. Na tentativa de entender os aspectos da sumorilação no desenvolvimento do parasita, foi realizada uma busca através dos bancos de dados de seqüências de DNA disponíveis para o parasita, baseando-se na identidade de seqüências relacionadas à via de sumorilação dos outros organismos. Desta forma de posse das seqüências e utilizando ferramentas de biologia molecular foi possível caracterizar a via de sumorilação em S. mansoni. A análise da estrutura genômica para o gene que codifica SmSMT3C, mostrou que a região codificadora éinterrompida por dois pequenos íntrons. A ORF codifica para uma proteína de 90 aminoácidos, bastante conservada durante a evolução. A expressão deste transcrito foi avaliada através de RT -PCR e podemos constatar que esse expresso durante todas as fases do desenvolvimento estudadas. Em relação ao gene SmUbc9, podemos constatar através do alinhamento do cDNA e da seqüência genômica, que este gene é interrompido por dois pequenos íntrons. Também evidenciamos a presença de um pseudogene, o qual denominamos de 'psi'SmUbc9. O resultado do Western Blot, utilizando anticorpo anti-ubc9 e extratos nucleares e citoplasmáticos do parasita, revelou uma proteína de 20KDa. A expressão do transcrito de SmUbc9 foi avaliada, e constatamos que o gene é expresso em todas as fases do ciclo analisadas. Através do perfil de expressão das SUMO E3 ligases (Siz-PIAS e RanBP2) e da enzima desumoriladora ULP1, podemos contatar que esses transcritos são diferencialmente expressas durante as fases do desenvolvimento estudadas. Portanto, os nossos resultados sugerem que a via de sumorilação pode ser importante para o entendimento de vários aspectos da biologia do parasita, como a regulação da expressão gênica, a integridade do genoma e transdução de sinais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.05.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CABRAL, Fernanda Janku; RODRIGUES, Vanderlei. Caracterização molecular da via de modificação pós-traducional de proteínas dependente de SUMO em Schistosoma mansoni. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Cabral, F. J., & Rodrigues, V. (2007). Caracterização molecular da via de modificação pós-traducional de proteínas dependente de SUMO em Schistosoma mansoni. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Cabral FJ, Rodrigues V. Caracterização molecular da via de modificação pós-traducional de proteínas dependente de SUMO em Schistosoma mansoni. 2007 ;
    • Vancouver

      Cabral FJ, Rodrigues V. Caracterização molecular da via de modificação pós-traducional de proteínas dependente de SUMO em Schistosoma mansoni. 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021