Exportar registro bibliográfico

Refinamento de malhas isotrópicas e anisotrópicas e simplificação de malhas isotrópicas (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: LACASSA, ALEXANDRE DE - ICMC
  • Unidade: ICMC
  • Sigla do Departamento: SCE
  • Subjects: ALGORITMOS E ESTRUTURAS DE DADOS; COMPUTAÇÃO GRÁFICA; ALGORITMOS PARA IMAGENS
  • Language: Português
  • Abstract: Em muitos problemas de simulaçô de fenômenos físicos ou fenômenos de engenharia, o uso das malhas é um componente muito importante. Uma malha é uma aproximação de uma dada geometria por um conjunto de elementos mais simples, tais como triângulos e quadriláteros (caso bidimensional) ou tetraedros, prismas, pirâmides e hexaedros (caso tridimensional). Nesse texto, as malhas de interesse são as não-estruturadas e compostas por triângulos. A escolha de uma malha é fortemente influenciada pelo desempenho e precisão dos resultados da simulação. O desempenho depende do número de elementos a serem processados, ou seja, quanto maior for a área coberta por cada elemento da malha, menos elementos são necessários, por conseguinte, mais rápida será a simulação. A precisão nos resultados da simulação está relacionada tanto com o formato quanto com o tamanho dos elementos. Diferente do desempenho, quanto menor forem os elementos, mais precisos serão os resultados. O formato dos elementos também influencia a precisão, em geral, elementos mais próximos dos equiláteros são preferidos. Como é possível observar, desempenho e precisão são requisitos conflitantes e geralmente é necessário fazer uma ponderaçô entre eles. Para um determinado grupo de aplicações, o melhor compromisso entre desempenho e precisão é conseguido com elementos finos, longos e corretamente alinhados sobre o domínio onde a malha está definida. São as chamadas malhas anisotrópicas. Além disso, um método derefinamento anisotrópico pode melhorar ainda mais a precisão dos resultados. O principal objetivo desse trabalho é desenvolver métodos de refinamento de malhas anisotrópicas, usando como base, e tendo como ponto de partida, os métodos de refinamento Delaunay isotrópicos, a saber, os métodos de refinamento Delaunay de Jim Ruppert [13] e de Paul Chew [6], e também realizar a simplificação Delaunay proposto por Olivier Devillers [8]
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.04.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LACASSA, Alexandre de; CASTELO FILHO, Antonio. Refinamento de malhas isotrópicas e anisotrópicas e simplificação de malhas isotrópicas. 2007.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/55/55134/tde-18062007-091003/ >.
    • APA

      Lacassa, A. de, & Castelo Filho, A. (2007). Refinamento de malhas isotrópicas e anisotrópicas e simplificação de malhas isotrópicas. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/55/55134/tde-18062007-091003/
    • NLM

      Lacassa A de, Castelo Filho A. Refinamento de malhas isotrópicas e anisotrópicas e simplificação de malhas isotrópicas [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/55/55134/tde-18062007-091003/
    • Vancouver

      Lacassa A de, Castelo Filho A. Refinamento de malhas isotrópicas e anisotrópicas e simplificação de malhas isotrópicas [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/55/55134/tde-18062007-091003/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020