Exportar registro bibliográfico

Valor diagnóstico da Interleucina IL-6 e Proteína C-reativa (PCR) em infecção bacteriana de início precoce em recém-nascidos pré-termo com desconforto respiratório (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: REGO, MARIA APARECIDA DO CARMO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPP
  • Subjects: INTERLEUCINA 6; IMUNOPROTEÍNAS; RECÉM-NASCIDO DE BAIXO PESO; SEPSE
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: Avaliar o valor da quantificação da proteína C-reativa (PCR) e interleucina- 6 (IL-6) para o diagnóstico de infecção de início precoce em recém-nascidos pré- termos com desconforto respiratório. Métodos: Coorte prospectiva de 186 recém-nascidos nos quais os níveis séricos de PCR e IL-6 foram mensurados ao início do desconforto respiratório (suspeita de infecção) e 24h após. Os neonatos foram classificados em Grupo I: Infectados (sepse ou infecção confirmada, sepse ou infecção clínica e pneumonia); Grupo II possivelmente infectados e Grupo III: não infectados. Após definição dos pontos de corte pela curva ROC, calcularam-se os valores de sensibilidade e especificidade para cada um dos testes ou combinação desses. Realizou-se análise de regressão múltipla para explorar a associação entre PCR e IL-6 e as seguintes variáveis hipertensão arterial materna, tipo de parto (vaginal ou cesárea), escore de Apgar de 50 minuto, peso de nascimento, idade gestacional, restrição de crescimento intra-uterino e presença de ventilação mecânica (ventilação mandatória com pressão positiva intermitente ou ventilação de alta frequência). Resultados: Grupo I: n=44 (sepse ou infecção confirmadas, n=3; sepse ou infecção clinica, n=17; pneumonia, n=24). Grupo II: n=42 e Grupo III: n=100. As quantificações séricas de IL-6 e PCR foram realizadas em amostras de 155 crianças. Em 19 crianças só foram obtidas amostras à suspeita de infecção e em 12 delas somente 24h após.Em todas as amostras disponíveis quantificaram-se ambas PCR e IL-6. Com exceção dos valores de IL-6(24h), os níveis séricos de IL-6(0h); PCR(0h) e PCR(24h) foram significantemente maiores no Grupo I do que nos outros dois grupos. Considerando-se apenas os Grupos I e III, a PCR(24h) foi a que apresentou maior área sob a curva ROC (0,80; IC95%: 0,71-0,89; p=0,00). Em termos de índices fixos, o melhor desempenho dos testes foi obtido quando IL-6(0h) ‘>OU=’36 pg/dl foi combinada a PCR(24h) ‘>OU=’ 1 mg/dl, resultando em sensibilidade de 93%, especificidade de 40%, Valor Preditivo Positivo (VPP) de 42%, Valor Preditivo Negativo (VPN) de 92% e taxa de probabilidade negativa de 0,19. Pela análise de regressão IL-6(0h), PCR(0h) e PCR(24h) foram positivamente associadas à infecção e parto vaginal. A resposta de 24h da IL-6 foi associada positivamente somente à ventilação mecânica. Conclusão: Devido aos baixos valores de especificidade e VPP, a IL-6 e PCR, mesmo que associadas, são limitadas para distinguir recém-nascidos com infecção daqueles sem infecção. No entanto, dosagens de IL-6(0h)<36pg/dl combinadas às de PCR(24h)<1 mg/dl podem reforçar a não administração de antibióticos aos recém- nascidos com desconforto respiratório, devido ao VPN elevado e à taxa de probabilidade negativa baixa.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.04.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      REGO, Maria Aparecida do Carmo; MUSSI-PINHATA, Marisa Márcia. Valor diagnóstico da Interleucina IL-6 e Proteína C-reativa (PCR) em infecção bacteriana de início precoce em recém-nascidos pré-termo com desconforto respiratório. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Rego, M. A. do C., & Mussi-Pinhata, M. M. (2007). Valor diagnóstico da Interleucina IL-6 e Proteína C-reativa (PCR) em infecção bacteriana de início precoce em recém-nascidos pré-termo com desconforto respiratório. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Rego MA do C, Mussi-Pinhata MM. Valor diagnóstico da Interleucina IL-6 e Proteína C-reativa (PCR) em infecção bacteriana de início precoce em recém-nascidos pré-termo com desconforto respiratório. 2007 ;
    • Vancouver

      Rego MA do C, Mussi-Pinhata MM. Valor diagnóstico da Interleucina IL-6 e Proteína C-reativa (PCR) em infecção bacteriana de início precoce em recém-nascidos pré-termo com desconforto respiratório. 2007 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021