Exportar registro bibliográfico

Avaliação biomecânica da união dente-implante com diferentes tipos de conectores, por meio do método dos elementos finitos (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: BETIOL, EDERSON AUREO GONÇALVES - FO
  • Unidade: FO
  • Sigla do Departamento: ODP
  • Subjects: PRÓTESE PARCIAL FIXA; IMPLANTES DENTÁRIOS; BIOMECÂNICA (AVALIAÇÃO); TENSÃO DOS MATERIAIS (ODONTOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo apresenta uma análise, por meio do método não linear dos elementos finitos, de uma prótese parcial fixa de quatro elementos, tendo como pilares um dente natural, localizado na região do primeiro pré-molar inferior, e um implante osseointegrado, localizado na região do segundo molar inferior do mesmo hemiarco. Os modelos deste trabalho, foram criados a partir de radiografias periapicais da região posterior da mandíbula, foram digitalizadas e, posteriormente modificadas, dando origem aos modelos computacionais. Com auxílio do programa Ansys® simulou-se uma carga vertical de 175 N, distribuída ao longo dos retentores e pônticos desta prótese. Foram avaliadas três situações: Modelo 1: prótese fixa com conectores rígidos; Modelo 2: prótese fixa com um conector semi-rígido entre o primeiro pré-molar e o segundo pré-molar; Modelo 3: prótese fixa com um conector semi-rígido entre primeiro molar e segundo molar. Para simular os conectores semi-rígidos foram usados elementos de contato. A partir dos resultados obtidos, percebeu-se, em todos os modelos, que a região óssea que apresentou maior concentração de tensões foi a próximo da crista óssea mesial do implante, sendo os maiores níveis de tensões encontrados no Modelo 2 e os menores no modelo 3. Observou-se também, com relação ao implante, nos Modelos 1 e 3, altos níveis de tensões na região cervical-mesial, próximo da união retentor-pilar intermediário, já no Modelo 2 percebemos um grande aumento dastensões em toda região cervical. Constatou-se também, com relação aos conectores no Modelo 1, altos níveis de tensões entre os pônticos e entre o pôntico e o retentor sobre implante; no Modelo 2, os maiores níveis de tensões foram encontrados entre os molares e, no Modelo 3 os maiores níveis de tensões foram encontrados no conector semi-rígido
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.02.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BETIOL, Ederson Aureo Gonçalves; SENDYK, Cláudio Luiz. Avaliação biomecânica da união dente-implante com diferentes tipos de conectores, por meio do método dos elementos finitos. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23137/tde-14032007-123226/ >.
    • APA

      Betiol, E. A. G., & Sendyk, C. L. (2007). Avaliação biomecânica da união dente-implante com diferentes tipos de conectores, por meio do método dos elementos finitos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23137/tde-14032007-123226/
    • NLM

      Betiol EAG, Sendyk CL. Avaliação biomecânica da união dente-implante com diferentes tipos de conectores, por meio do método dos elementos finitos [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23137/tde-14032007-123226/
    • Vancouver

      Betiol EAG, Sendyk CL. Avaliação biomecânica da união dente-implante com diferentes tipos de conectores, por meio do método dos elementos finitos [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23137/tde-14032007-123226/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020