Exportar registro bibliográfico

Cariótipo espectral (SKY) aplicado ao estudo e diagnóstico de neoplasias do sangue (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: OLIVEIRA, FÁBIO MORATO DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGE
  • Subjects: LEUCEMIA; CITOGENÉTICA; CARIOTIPAGEM; ANORMALIDADES CROMOSSÔMICAS
  • Language: Português
  • Abstract: Com o advento do cariótipo espectral (SKY) a identificação de alterações cromossômicas em diversos cariótipos complexos tem sido realizada com sucesso. O SKY envolve a utilização de 24 sondas, cromossomo- específicas, permitindo a visualização de cada cromossomo em um único experimento. Essa metodologia utiliza os princípios de imagem espectral e espectroscopia de Fourier. Os objetivos desse estudo foram à aplicação do SKY a um painel de 8 neoplasias, em pacientes adultos, (Leucemia pro-linfocítica T, LPL- T; Leucemia linfoblástica aguda, LLA Ph+; Leucemia mielóide crônica, em crise blástica, LMC CB; Linfoma da zona do manto, LZM; síndrome mielodisplásica em associação à doença de Behçet, SMD-Behçet e três casos de leucemia mielóide aguda, subtipos M2, M4 e M5a) e em dois casos de leucemia da infância (LMC-CB e LLA- L3) com cariótipo anormal, visando-se determinar translocações cripticas, melhor definir rearranjos cromossômicos complexos observados pelo bandamento GTG e correlacionar os achados citogenéticos obtidos com a evolução clínica dos pacientes. Em 6 amostras investigadas foram encontradas alterações cromossômicas não descritas na literatura. Em 4 casos foi observado a co-existência de alterações cromossômicas específicas no mesmo paciente. O valor prognóstico relacionado à presença dessas alterações ainda não está bem definido. A análise de alterações cromossômicas com o SKY representa uma estratégia inédita nos casos de LPL-T.Nesse pacientefoi possível a confirmação de duas translocações, envolvendo os cromossomos sexuais, identificação do anel, r[i(8)(q10)], e cromossomo marcador (cromossomo 5), presumivelmente decorrentes de instabilidade genômica. No paciente com diagnóstico de LLA Ph+ e presença da ins(15;14)(q22;q13q32), embora não se saiba quais as verdadeiras conseqüências moleculares e fenotípicas da presença da inserção, o provável rearranjo molecular entre os (contiuação) loci TCR'alfa'/'delta' (14q13) e PML (15q22) pode resultar na expressão de um fenótipo consistente com leucemia linfóide, como observado nesse paciente.A co-existência de duas translocações cromossômicas específicas [t(8;14) e t(12;21)], associadas a fenótipos leucêmicos distintos, na LLA da infância representa um evento raro. Considerando os valores prognósticos individuais das translocações encontradas é provável que essa co-existência favoreça a manutenção de um prognóstico desfavorável. Algumas alterações cromossômicas encontradas na LMC em crise blástica constituem novas anormalidades associadas a essa fase da doença. A t(2;14)(p12;q32), presumivelmente, envolvendo duas regiões específicas associadas a neoplasias de linhagem B (IGK e IGH), sugere uma estreita relação com a morfologia linfóide observada nesse paciente. A t(5;17)(q13;q21), descrita pela citogenética clássica como del(5)(q31), representa um exemplo da especificidade e maior resolução do SKY, quando comparado a citogenética clássica, naelucidação de alterações citogenéticas. O impacto acerca do prognóstico dessas alterações na LMC é complexo, heterogêneo e normalmente associado a diversos fatores. Pouco se conhece a cerca das implicações clínicas de anormalidades cromossômicas secundárias em linfomas. Entretanto, alterações associadas à banda 8q24, especialmente amplificações relacionados ao gene MYCC, raras em LZM, estão associadas a um prognóstico desfavorável nesse subtipo de linfoma, conforme observado no paciente. Ainda nesse contexto, é importante ressaltar que alterações cromossômicas secundárias podem determinar o curso clínico de pacientes com LZM, mesmo se os parâmetros morfológicos e imunofenotípicos falharem em predizer um prognóstico desfavorável. A associação entre SMD e doença de Behçet constitui-se um evento raro. A trissomia do cromossomo 8 sugere que essa anormalidade predisponha ao surgimento do fenótipo de Behçet. Entretanto, a presença de anormalidades cromossômicas adicionais, comumente encontradas em neoplasias mielóides, e observadas nesse paciente, conferir a essa anormalidade (trissomia 8) um valor prognóstico desfavorável. Na LMA-M2, o papel desempenhado pela t(5;11)(q35;q13) na leucemogênese é indefinido. Entretanto, essa investigação confirma a observação inicial de que não apenas a banda 11q23, mas anormalidades envolvendo a região proximal do braço longo do cromossomo 11, em particular a banda 11q13, podem estar associadas arearranjos cromossômicos com outros cromossomos. A elevada diversidade de mutações e fusões protéicas associadas ao gene MLL, resultantes de rearranjos cromossômicos com uma variedade de genes parceiros, sugere a provável existência de múltiplos mecanismos moleculares para a leucemogênese. Embora, ainda não se saiba o valor prognóstico associado à presença da t(3;11;10), na LMA-M5a, presume-se que o provável envolvimento com os loci BCL6 e p63 (3q27) possa contribuir para a estratificação no prognóstico, já considerado desfavorável, em pacientes com anormalidades envolvendo a banda 11q23
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.04.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Fábio Morato de; TONE, Luiz Gonzaga. Cariótipo espectral (SKY) aplicado ao estudo e diagnóstico de neoplasias do sangue. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Oliveira, F. M. de, & Tone, L. G. (2007). Cariótipo espectral (SKY) aplicado ao estudo e diagnóstico de neoplasias do sangue. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Oliveira FM de, Tone LG. Cariótipo espectral (SKY) aplicado ao estudo e diagnóstico de neoplasias do sangue. 2007 ;
    • Vancouver

      Oliveira FM de, Tone LG. Cariótipo espectral (SKY) aplicado ao estudo e diagnóstico de neoplasias do sangue. 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021