Exportar registro bibliográfico

Avaliação da resistência à fratura em coroas metalocerâmicas e ceramocerâmicas utilizando infra-estruturas com e sem reforço (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GONZALEZ, DANIEL EDUARDO BAYARDO - FOB
  • Unidades: FOB
  • Sigla do Departamento: BAP
  • Subjects: COROAS DENTÁRIAS; FRATURAS (RESISTÊNCIA); RESTURAÇÃO METALOCERÂMICA
  • Language: Português
  • Abstract: As restaurações metalocerâmicas apresentam relatos de sucesso clínico a longo prazo e as características de reforço (cinta lingual e poste proximal) das infra-estruturas metálicas parecem ser de grande importância para este sucesso. Estes reforços freqüentemente estão ausentes nas infra-estruturas das restaurações ceramocerâmicas. O objetivo deste estudo foi testar a hipótese nula de que coroas confeccionadas com infra-estruturas cerâmicas com desenho com e sem reforço não resultam em valores de resistência à fratura diferentes de coroas com infra-estruturas metálicas confeccionadas com os mesmos desenhos. Para a realização deste trabalho foram fabricadas 40 coroas, dividas em quatro grupos (n=10): (1) coroas metalocerâmicas - infra-estrutura com reforço; (2) coroas metalocerâmicas - infra-estrutura sem reforço; (3) coroas ceramocerâmicas - infra-estrutura com reforço; e (4) coroas ceramocerâmicas - infra-estrutura sem reforço. Os corpos de prova foram cimentados com ionômero de vidro modificado por resina nos troquéis metálicos e submetidos à análise de resistência à fratura usando uma máquina de teste universal Kratos, a uma velocidade de 0,5 mm/min. Todos os corpos de prova foram mantidos sob pressão até a fratura. Os resultados de resistência à fratura (kgf) foram submetidos à análise de variância (ANOVA) a dois critérios e ao teste de Tukey. O nível de significância considerado em todas as análises foi de 5% (p<0,05). Os valores médios de resistênciaà fratura foram de 237,637 kgf para as coroas metalocerâmicas com infra-estruturas com reforço, 171,738 kgf para as coroas metalocerâmicas com infra-estruturas com reforço, 127,588 kgf para as coroas ceramocerâmicas com infra-estruturas com reforço e 93,914 kgf para as coroas ceramocerâmicas com infra-estruturas sem reforço, com diferença estatisticamente significante (p<0,05), entre os quatro grupos. As coroas metalocerâmicas com reforço (Grupo 1) ) apresentaram o maior valor de resistência à fratura e estatisticamente significante, entre todos os grupos. As coroas confeccionadas com infra-estruturas com reforço apresentaram maior resistência à fratura do que as confeccionadas sem reforço, tanto nas coroas metalocerâmicas como nas ceramocerâmicas
  • Imprenta:
    • Place of publication: Bauru
    • Date published: 2007
  • Data da defesa: 03.04.2007
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BAYARDO-GONZÁLEZ, Daniel Eduardo; BONFANTE, Gerson. Avaliação da resistência à fratura em coroas metalocerâmicas e ceramocerâmicas utilizando infra-estruturas com e sem reforço. 2007.Universidade de São Paulo, Bauru, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-13062007-160803/ >.
    • APA

      Bayardo-González, D. E., & Bonfante, G. (2007). Avaliação da resistência à fratura em coroas metalocerâmicas e ceramocerâmicas utilizando infra-estruturas com e sem reforço. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-13062007-160803/
    • NLM

      Bayardo-González DE, Bonfante G. Avaliação da resistência à fratura em coroas metalocerâmicas e ceramocerâmicas utilizando infra-estruturas com e sem reforço [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-13062007-160803/
    • Vancouver

      Bayardo-González DE, Bonfante G. Avaliação da resistência à fratura em coroas metalocerâmicas e ceramocerâmicas utilizando infra-estruturas com e sem reforço [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-13062007-160803/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020