Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento de formulações tópicas contendo extrato de própolis verde: estudos de estabilidade, liberação, permeação e retenção cutânia (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: FONSECA, YRIS MARIA - FCFRP
  • Unidade: FCFRP
  • Subjects: ANTIOXIDANTES; PRÓPOLIS; ESTABILIDADE DOS MEDICAMENTOS
  • Language: Português
  • Abstract: Tem sido reportado que os danos UV induzidos são devidos principalmente pela geração de EROs. Assim, compostos capazes de inibir a ação e a formação destas EROs, serão capazes de proteger a pele dos danos UV induzidos. Devido suas propriedades, a própolis pode ser aplicada como oxidante tópico para prevenir e/ou tratar od danos UV induzidos. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi avaliar o conteúdo de flavonóides e polifenóis e a atividade antioxidante, em diferentes sistemas "in vitro", dos extratos fluido e seco de própolis brasileira verde. Em adição, formulações tópicas adicionadas com extrato fluido de própolis verde foram desenvolvidas e sua estabilidade física e funcional foi avaliada. Foram também avaliadas a capacidade de liberação, permeação e retenção dos compostos antioxidantes destas formulações.O conteúdo de flavonóides e polifenóis encontrado para ambos extratos foi de 2,29 mg/g e 18mg/g, respectivamente. Foi observado que o extrato de própolis verde apresentou a mesma quantidade de polifenóis que os outros extratos de própolis já estudados, entretanto apresentou menor quantidade de flavonóides.Este extrato demonstrou ainda, atividade antioxidante de forma dose dependente contra diferentes radicais, tais como ‘OPPH PONTO’, superóxido (‘O POT. 2-’),hidroxila (‘‘O’’H’ PONTO’), peroxila (‘LOO PONTO’) e alkoxila (‘LO PONTO’).E ainda, as formulações desenvolvidas foram estáveis fisicamente e funcionalmente. A F 01 foi capaz de liberar seus compostosantioxidantes mais eficazmente que as outras formulações desenvolvidas. Entretanto, somente a F 03 reteve seus compostos antioxidantes na epiderme viável.Estes resultados dão boas perspectivas para aplicar o extrato de própolis verde topicamente para prevenir e/ou tratar os danos UV induzidos na pele.Em adição, pode ser sugerido que F 03 pode ser aplicada topicamente para prevenir e/ou tratar o estresse oxidativo UV induzido na pele com possibilidade de sucesso
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.03.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FONSECA, Yris Maria; FONSECA, Maria José Vieira. Desenvolvimento de formulações tópicas contendo extrato de própolis verde: estudos de estabilidade, liberação, permeação e retenção cutânia. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-11052007-091737/ >.
    • APA

      Fonseca, Y. M., & Fonseca, M. J. V. (2007). Desenvolvimento de formulações tópicas contendo extrato de própolis verde: estudos de estabilidade, liberação, permeação e retenção cutânia. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-11052007-091737/
    • NLM

      Fonseca YM, Fonseca MJV. Desenvolvimento de formulações tópicas contendo extrato de própolis verde: estudos de estabilidade, liberação, permeação e retenção cutânia [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-11052007-091737/
    • Vancouver

      Fonseca YM, Fonseca MJV. Desenvolvimento de formulações tópicas contendo extrato de própolis verde: estudos de estabilidade, liberação, permeação e retenção cutânia [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-11052007-091737/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021