Exportar registro bibliográfico

Possíveis estratégias para prevenção de otite média aguda: estudo in vitro da liberação de xilitol em saliva artificial após aplicação de verniz em diferentes concentrações (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: PEREIRA, AGNES DE FATIMA FAUSTINO - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAO
  • Subjects: OTITE MÉDIA AGUDA; CRIANÇAS; SALIVA ARTIFICIAL
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo teve como objetivo verificar a liberação de xilitol em saliva artificial ao longo do tempo após aplicação de verniz contendo 10% e 20% do açúcar. Para tal, 15 blocos de dentes bovinos foram divididos em três grupos (Grupo 1- recebeu verniz a 10%; Grupo 2 - recebeu verniz a 20% e Grupo 3 - recebeu verniz sem xilitol). Na seqüência, cada bloco foi imerso em tubo de microcentrífuga contendo 500 µL de saliva artificial. Foram coletadas e analisadas as amostras salivares em diferentes tempos após a aplicação do verniz (1h, 8h, 12h, 16h, 24h, 48h e 72h). Comparando-se os valores de concentração de xilitol em mg/L nos grupos G1 e G2, pode-se observar que houve diferença estatisticamente significante entre os grupos (ANOVA, F=32,68, p=0,0004) e tempos (ANOVA, F=2465,53, p=0,0000). Foi observada interação entre as variáveis grupo e tempo (ANOVA, F=1486,25, p=0,0000). Notou-se uma liberação significativamente maior no Grupo G2 nos tempos de 1 h (168,96 mg/L) e 8 h (164,22 mg/L), quando comparados com o Grupo G1 (1 h=63,42 mg/L e 8 h=69,52 mg/L), conforme detectado pelo teste de Tukey (p=0,0002). No entanto, nos tempos de 12 h, 16 h, 24 h, 48 h e 72 h, a liberação do açúcar foi significativamente maior no Grupo 1 (56,92 mg/L; 49,70 mg/L; 49,40 mg/L; 55,52 mg/L; 32,66 mg/L, respectivamente) em relação ao Grupo 2 (29,90 mg/L; 18,52 mg/L; 19,76 mg/L; 24,20 mg/L; 12,72 mg/L, respectivamente), conforme detectado pelo teste de Tukey (p=0,0002). Portanto, o vernizcontendo 10% de xilitol liberou maiores concentrações do açúcar em períodos de tempo mais longos, denotando-se em uma liberação mais lenta e homogênea deste verniz
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.03.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREIRA, Agnes de Fátima Faustino; CALDANA, Magali de Lourdes. Possíveis estratégias para prevenção de otite média aguda: estudo in vitro da liberação de xilitol em saliva artificial após aplicação de verniz em diferentes concentrações. 2007.Universidade de São Paulo, Bauru, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25141/tde-12062007-092018/ >.
    • APA

      Pereira, A. de F. F., & Caldana, M. de L. (2007). Possíveis estratégias para prevenção de otite média aguda: estudo in vitro da liberação de xilitol em saliva artificial após aplicação de verniz em diferentes concentrações. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25141/tde-12062007-092018/
    • NLM

      Pereira A de FF, Caldana M de L. Possíveis estratégias para prevenção de otite média aguda: estudo in vitro da liberação de xilitol em saliva artificial após aplicação de verniz em diferentes concentrações [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25141/tde-12062007-092018/
    • Vancouver

      Pereira A de FF, Caldana M de L. Possíveis estratégias para prevenção de otite média aguda: estudo in vitro da liberação de xilitol em saliva artificial após aplicação de verniz em diferentes concentrações [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25141/tde-12062007-092018/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021