Exportar registro bibliográfico

Efeitos de diferentes níveis de milho em grãos moídos (relação proteína:carboidratos não estruturais) em dietas para búfalos sobre o metabolismo no rúmen (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ALVES, TERESA CRISTINA - FZEA
  • Unidades: FZEA
  • Sigla do Departamento: ZAZ
  • Subjects: PROTEÍNAS; CARBOIDRATOS NA DIETA; ÁCIDOS GRAXOS; BÚFALOS; METABOLISMO ANIMAL; RÚMEN
  • Language: Português
  • Abstract: As funções metabólicas dos bubalinos ainda não estão bem descritas, como em outros ruminantes e há carência de informação sobre o comportamento digestivo. A sincronização da degradação ruminal de proteína e amido propõe incrementar a produção de proteína microbiana no rúmen e a eficiência de utilização de energia, uma vez que as bactérias ruminais necessitam destes dois elementos disponíveis simultaneamente. Quatro búfalos fistulados no rúmen foram utilizados com objetivo avaliar os efeitos de dietas com diferentes níveis de milho em grãos moídos (0, 22, 37 e 49% na MS) em substituição ao feno de coast-cross, com ênfase na relação proteína:carboidratos não estruturais (1,02; 0,39; 0,30; 0,26), sobre o metabolismo ruminal. Os seguintes parâmetros foram avaliados: ingestão de matéria seca (IMS); degradabilidade da matéria seca e fibra em detergente neutro do feno de coast-cross e da matéria seca e proteína bruta do milho em grãos moído; concentração de amônia; produção de ácidos graxos voláteis (acético, propiônico e butírico); taxa de passagem de líquido; volume ruminal e pH no rúmen. Os animais foram delineados em Quadrado Latino (4x4). Houve aumento linear na IMS com aumento de milho em grãos na dieta. Foram observadas diferenças no metabolismo ruminal envolvendo a produção de ácidos graxos voláteis, pH, taxa de passagem do líquido ruminal e volume do rúmen entre os tratamentos e pouca influência dos tratamentos na produção de amônia e na cinética dedegradabilidade ruminal. Os resultados permitiram concluir que, no geral, os bubalinos apresentam boa capacidade tamponante no rúmen com ligeira queda do pH com aumento da ingestão de milho em grãos moídos e que provavelmente os microrganismos ruminais dos búfalos têm boa capacidade em se adaptar a ambientes ruminais com diferentes relações PB:CNE
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.01.2007
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALVES, Teresa Cristina; FRANZOLIN, Raul. Efeitos de diferentes níveis de milho em grãos moídos (relação proteína:carboidratos não estruturais) em dietas para búfalos sobre o metabolismo no rúmen. 2007.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-24042007-085516/ >.
    • APA

      Alves, T. C., & Franzolin, R. (2007). Efeitos de diferentes níveis de milho em grãos moídos (relação proteína:carboidratos não estruturais) em dietas para búfalos sobre o metabolismo no rúmen. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-24042007-085516/
    • NLM

      Alves TC, Franzolin R. Efeitos de diferentes níveis de milho em grãos moídos (relação proteína:carboidratos não estruturais) em dietas para búfalos sobre o metabolismo no rúmen [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-24042007-085516/
    • Vancouver

      Alves TC, Franzolin R. Efeitos de diferentes níveis de milho em grãos moídos (relação proteína:carboidratos não estruturais) em dietas para búfalos sobre o metabolismo no rúmen [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-24042007-085516/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020