Exportar registro bibliográfico

Avaliação da força muscular e da contratura articular das mãos em pacientes com distrofia muscular de duchenne (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: OLIVEIRA, FABIANA LUISA MATTAR DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: DISTROFIA MUSCULAR; MÃO (AVALIAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: A distrofia muscular de Duchenne (DMD) é uma doença muscular degenerativa, ligada ao cromossomo X, caracterizada pela ausência da proteína distrofina. Vários tipos de dinamometria da mão foram desenvolvidos, com o intuito de obter medidas objetivas da força muscular para uma avaliação mais acurada dos pacientes nos estudos clínicos, sobretudo naqueles visando avaliação de novas terapias. Entretanto, estudos sobre contraturas e mensuração da força muscular das mãos, em pacientes com DMD são raros. Nossos objetivos foram determinar a idade do acometimento da mão na DMD, quantificando a força muscular através da avaliação manual e da dinamometria, e analisando o desenvolvimento das contraturas através da goniometria. Adicionalmente, propusemos verificar as relações entre idade, força muscular da mão, contraturas e incapacidade funcional. Delineamos um estudo pontual, caso-controle, com 40 pacientes com DMD seguidos no Ambulatório de Doenças Neuromusculares do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP e 80 indivíduos hígidos de idades similares às dos pacientes. Os demais dados antropométricos (peso, estatura e comprimento da mão) também foram semelhantes entre os grupos. Aplicamos dinamometria de preensão palmar e de pinças tridigital, lateral e pulpar; avaliação manual da força muscular utilizando a escala do Medical Research Council (MRC); goniometria das articulações do antebraço, do punho e da mão e aplicação daescala de capacidade funcional de Vignos e Archibald modificada por Brooke e colaboradores. Todas as medidas foram realizadas bilateralmente. As contraturas foram mais freqüentes na mão não dominante. A restrição do movimento de supinação foi a primeira a aparecer, por volta dos 8,4 anos, sendo também a mais freqüente (55% dos pacientes). Adicionalmente, observamos no punho restrição da extensão (32,5% dos pacientes) e do desvio radial (27,5% dos pacientes) e os dedos em flexão. Fraqueza muscular da mão foi observada desde as fases iniciais da doença, embora sua progressão tenha ocorrido posteriormente, ao final da primeira década de vida. A diferença de força entre as mãos dominante e não dominante reduziu com a idade, nos controles e aumentou nos pacientes. Comparação entre a força dos músculos extensores e flexores de punho e dedos, medida através da escala do MRC, demonstrou fraqueza predominante dos extensores. Os valores de dinamometria de preensão palmar e de pinças foram significativamente correlatos com a capacidade funcional nos pacientes com DMD, embora a correlação tenha sido maior quando utilizada a soma dos valores do MRC para a mão. Já que a fraqueza dos músculos extensores de punho e dedos precedeu a ocorrência das contraturas, concluímos que estas são conseqüentes à. perda de força muscular, estando possivelmente relacionadas ao desequilíbrio entre as forças de músculos antagonistas. Devido aopredomínio das contraturas em flexão, inferimos que a posição de repouso pode influenciar no desenvolvimento destas deformidades. Concluímos que a fraqueza da mão está presente desde os estágios iniciais da DMD, precedendo as contraturas e que se correlaciona com o grau de incapacidade funcional. Apesar da fraqueza precoce, observamos aumento da força muscular da mão durante a primeira década, não relacionada ao tratamento, provavelmente decorrente do desenvolvimento físico da criança. Portanto, a dinamometria da mão deve ser aplicada com cautela em estudos que visem à avaliação de medidas terapêuticas nos pacientes mais jovens com DMD, considerando-se que há um aumento inicial da força muscular da mão como parte da história natural da doença
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.03.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Fabiana Luísa Mattar de; SOBREIRA, Cláudia Ferreira da Rosa. Avaliação da força muscular e da contratura articular das mãos em pacientes com distrofia muscular de duchenne. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Oliveira, F. L. M. de, & Sobreira, C. F. da R. (2007). Avaliação da força muscular e da contratura articular das mãos em pacientes com distrofia muscular de duchenne. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Oliveira FLM de, Sobreira CF da R. Avaliação da força muscular e da contratura articular das mãos em pacientes com distrofia muscular de duchenne. 2007 ;
    • Vancouver

      Oliveira FLM de, Sobreira CF da R. Avaliação da força muscular e da contratura articular das mãos em pacientes com distrofia muscular de duchenne. 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021