Exportar registro bibliográfico

Resposta olfativa do parasitóide de ovos Telenomus remus Nixon (Hymenoptera:Scelionidae) aos voláteis de plantas de milho Zea mays L. na presença de estágios imaturos de seu hospedeiro, Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: PEÑAFLOR, MARIA FERNANDA GOMES VILLALBA - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LEF
  • Subjects: INSETOS PARASITAS; LEPIDOPTERA; MILHO; OVIPOSIÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: A atração de inimigos naturais por voláteis de plantas induzidos pela herbivoria tem sido intensamente estudada nos últimos anos, entretanto pouco se sabe sobre a ação dos voláteis de plantas após a oviposição do herbívoro frente aos parasitóides de ovos. Em vista disso, esse trabalho visou estudar a resposta olfativa do parasitóide de ovos Telenomus remus Nixon aos voláteis de plantas de milho induzidas, ou não, com 0-12, 12-24 e 24-36 horas após a oviposição, e por lagartas recém eclodidas de Spodoptera frugiperda (J.E. Smith), com 36-48 horas. Para tanto, foram realizados bioensaios com um olfatômetro de quatro vias e a resposta comportamental do parasitóide observada por um período de cinco minutos. O tempo de permanência em cada posição do olfatômetro, assim como a primeira e a última escolha do parasitóide foram anotados. Os bioensaios foram realizados com diferentes combinações entre os tratamentos: Controle (branco); planta sadia; planta com postura; planta com postura removida; somente postura; planta sadia+postura; planta+herbivoria+lagarta; planta+herbivoria; lagarta. Bioensaios combinados com quatro e dois odores consistiram de 50 e 25 repetições, respectivamente. Os dados foram submetidos ao teste Kruskal-Wallis, ao nível de significância de 5%, e o método de Dunn para a comparação entre as médias. Os resultados demonstraram que tanto os voláteis emitidos em plantas sadias como em plantas com postura atraiu significativamente o parasitóide, eque T. remus foi capaz de distinguir voláteis de plantas sadias daquelas induzidas pela postura. Um dado relevante foi a resposta do parasitóide aos voláteis de planta sadia + postura de S. frugiperda sem que tenha ocorrido a indução destas plantas. Não obstante a resposta do parasitóide ter sido semelhante as plantas induzidas pela postura, ficou evidente que os estímulos químicos presentes nos ovos alteraram favoravelmente o comportamento de T. remus. ) A presença destes compostos no hospedeiro influenciaram também a resposta do parasitóide nos bioensaios contendo as lagartas de S. frugiperda
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.01.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEÑAFLOR, Maria Fernanda Gomes Villalba; BENTO, José Mauricio Simões. Resposta olfativa do parasitóide de ovos Telenomus remus Nixon (Hymenoptera:Scelionidae) aos voláteis de plantas de milho Zea mays L. na presença de estágios imaturos de seu hospedeiro, Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae). 2007.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2007.
    • APA

      Peñaflor, M. F. G. V., & Bento, J. M. S. (2007). Resposta olfativa do parasitóide de ovos Telenomus remus Nixon (Hymenoptera:Scelionidae) aos voláteis de plantas de milho Zea mays L. na presença de estágios imaturos de seu hospedeiro, Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae). Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Peñaflor MFGV, Bento JMS. Resposta olfativa do parasitóide de ovos Telenomus remus Nixon (Hymenoptera:Scelionidae) aos voláteis de plantas de milho Zea mays L. na presença de estágios imaturos de seu hospedeiro, Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae). 2007 ;
    • Vancouver

      Peñaflor MFGV, Bento JMS. Resposta olfativa do parasitóide de ovos Telenomus remus Nixon (Hymenoptera:Scelionidae) aos voláteis de plantas de milho Zea mays L. na presença de estágios imaturos de seu hospedeiro, Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae). 2007 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021