Exportar registro bibliográfico

valiação de protocolos clínicos para a desinfecção de aparelhos ortodônticos removíveis (cultura microbiana e MEV) (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: PEIXOTO, IZA TEIXEIRA ALVES - FORP
  • Unidade: FORP
  • Sigla do Departamento: 807
  • Subjects: APARELHO ORTODÔNTICO REMOVÍVEL; CONTAMINAÇÃO; CULTURA DE MICRORGANISMOS; AGENTES ANTIMICROBIANOS
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do presente trabalho foi avaliar in vivo, por meio de cultura microbiana e microscopia eletrônica de varredura, a contaminação de aparelhos ortodônticos removíveis por estreptococos do grupo mutans (EGM) e a eficácia de diferentes protocolos domiciliares de desinfecção com gluconato de clorexidina a 0,12% sob a forma de spray, aplicado na superfície acrílica dos aparelhos. Quinze indivíduos voluntários, estudantes de Odontologia da FORP/USP, foram divididos aleatoriamente em 3 grupos, utilizando uma tabela de números randômicos. O estudo constou de 3 etapas, com intervalo de uma semana entre cada uma, de forma que todos os protocolos fossem utilizados em todas as etapas, sob forma de rodízio pelos diferentes grupos. Os aparelhos foram utilizados em período integral, inclusive durante o sono, sendo removidos apenas durante as refeições. Em cada etapa os voluntários receberam um novo aparelho, dentifrício fluoretado e escova dental e foram instruídos individualmente sobre qual dos seguintes protocolos deveriam seguir: Protocolo I- escovação do aparelho à noite seguida de uso de água de torneira esterilizada sob forma de spray, por 7 dias (controle); Protocolo II escovação do aparelho à noite por 7 dias e, no 7º dia após a instalação do aparelho, uso de Periogard® sob forma de spray; Protocolo III- escovação do aparelho à noite por 7 dias e uso do Periogard@ sob forma de spray, no 4° e 7° dias após a instalação do aparelho. Após cada semana de uso, osaparelhos foram recolhidos e submetidos ao processamento microbiológico, em meio de cultura CaSa B, seletivo para EGM, para contagem das unidades formadoras de colônias/biofilmes (ufc) presentes na superfície do acrílico. Três aparelhos representativos dos resultados observados com a utilização de cada protocolo foram encaminhados para processamento e análise em microscopia eletrônica de varredura (MEV). Os resultados obtidos quanto à contagem das ufc de EGM foram submetidos à análise estatística pelo teste não-para métrico de Friedman, com nível de significância de 5%. Pôde-se verificar que 100% dos aparelhos do Protocolo I (água de torneira esterilizada) encontraram-se altamente contaminados por EGM. Os protocolos II e III reduziram a formação de colônias/biofilmes na superfície acrílica dos aparelhos ortodônticos, tendo em vista que essas soluções se comportaram de maneira estatisticamente diferente (p<0,05) da água de torneira esterilizada (Protocolo I). Os resultados da cultura microbiana foram confirmados pela MEV. Conclui-se que a desinfecção dos aparelhos ortodônticos removíveis, com spray de gluconato de clorexidina a 0,12%, uma ou duas vezes por semana, apresentaram eficácia na redução de contaminação da superfície de acrílico por EGM, in vivo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.02.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEIXOTO, Iza Teixeira Alves; MATSUMOTO, Mirian Aiko Nakane. valiação de protocolos clínicos para a desinfecção de aparelhos ortodônticos removíveis (cultura microbiana e MEV). 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Peixoto, I. T. A., & Matsumoto, M. A. N. (2007). valiação de protocolos clínicos para a desinfecção de aparelhos ortodônticos removíveis (cultura microbiana e MEV). Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Peixoto ITA, Matsumoto MAN. valiação de protocolos clínicos para a desinfecção de aparelhos ortodônticos removíveis (cultura microbiana e MEV). 2007 ;
    • Vancouver

      Peixoto ITA, Matsumoto MAN. valiação de protocolos clínicos para a desinfecção de aparelhos ortodônticos removíveis (cultura microbiana e MEV). 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021