Exportar registro bibliográfico

Avaliação da resistência da união entre duas cerâmicas odontológicas e o titânio comercialmente puro em função de diferentes tratamentos de superfície do metal (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: FRIZZAS, DEBORAH GANGA - FORP
  • Unidade: FORP
  • Sigla do Departamento: 805
  • Subjects: MATERIAIS DENTÁRIOS; PRÓTESE DENTÁRIA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência de união entre o titânio comercialmente puro e duas cerâmicas de ultra-baixa-fusão utilizando teste de cisalhamento com interface plana, variando o tratamento dado ao substrato metálico. Foram confeccionados ao todo 80 corpos-de-prova cilíndricos com 6,0 mm de diâmetro, 2,0 mm de espessura de metal e 2,0 mm de espessura de cerâmica. Foram divididos em oito grupos com cinco repetições cada, de acordo com os seguintes tratamentos: grupo (1) jateamento com partícula de óxido de alumínio de 100 mesh, sem desgaseificação; grupo (2) jateamento com partícula de óxido de alumínio de 100 mesh, com desgaseificação; grupo (3) jateamento com partícula de óxido de alumínio de 100 mesh, sem desgaseificação e aplicação de ácido hidrofluorídrico; grupo (4) jateamento com partícula de óxido de alumínio de 100 mesh, com desgaseificação e aplicação de ácido hidrofluorídrico; grupo (5) jateamento com partícula de óxido de alumínio de 60 mesh, sem desgaseificação; grupo (6) jateamento com partícula de óxido de alumínio de 60 mesh, com desgaseificação; grupo (7) jateamento com partícula de óxido de alumínio de 60 mesh, sem desgaseificação e aplicação de ácido hidrofluorídrico; grupo (8) jateamento com partícula de óxido de alumínio de 60 mesh, com desgaseificação e aplicação de ácido hidrofluorídrico. As cerâmicas utilizadas foram a Triceram (Dentaurum) e a Noritake Ti22 (Noritake). Os corpos-de-prova após ruptura foram submetidos àmicroscopia eletrônica de varredura e análise EDS (Espectroscopia por Energia Dispersiva de Raios X) para caracterização das interfaces. Os resultados obtidos demonstraram que o tratamento de jateamento com óxido de alumínio com partículas de 60 mesh, seguidos pordesgaseificação para a.cerâmica Noritake Ti22 apresentaram os melhores valores de resistência de união, seguidos pelo tratamento jateaménto com óxido de alumínio 100 mesh, sem desgaseificação. A cerâmica Nontake Ti22 mostrou-se superior em relação à Triceram, obtendo os maiores valores de resistência de união. Em todos os tratamentos onde foi utilizado ácido no preparo do substrato metálico previamente à aplicação da cerâmica, independente da cerâmica utilizada, foram obtidos os piores resultados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRIZZAS, Deborah Ganga; MATTOS, Maria da Glória Chiarello de. Avaliação da resistência da união entre duas cerâmicas odontológicas e o titânio comercialmente puro em função de diferentes tratamentos de superfície do metal. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Frizzas, D. G., & Mattos, M. da G. C. de. (2006). Avaliação da resistência da união entre duas cerâmicas odontológicas e o titânio comercialmente puro em função de diferentes tratamentos de superfície do metal. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Frizzas DG, Mattos M da GC de. Avaliação da resistência da união entre duas cerâmicas odontológicas e o titânio comercialmente puro em função de diferentes tratamentos de superfície do metal. 2006 ;
    • Vancouver

      Frizzas DG, Mattos M da GC de. Avaliação da resistência da união entre duas cerâmicas odontológicas e o titânio comercialmente puro em função de diferentes tratamentos de superfície do metal. 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020