Exportar registro bibliográfico

Judeus e conversos na Península Ibérica hispano-visigoda: anti-semitismo e marranismo (século VII d.C) (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANCOVSKY, RENATA ROZENTAL - FFLCH
  • Unidades: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLH
  • Subjects: JUDAÍSMO (HISTÓRIA); VISIGODOS; ANTISSEMITISMO; CRISTÃOS-NOVOS; TALMUDE
  • Language: Português
  • Abstract: Com a irrupção dos visigodos pelas fronteiras do território hispânico e sua definitiva instalação na Península Ibérica a partir de 409 d.C., a Idade Média inaugura, ao longo do século V d.C., novas concepções de estigmatização e criminalidade para o Judaísmo. Pela primeira vez na História do Ocidente Medieval, a prática religiosa judaica e a reprodução de valores comunitários são tratadas como elementos de corruptibilidade à sociedade hispano-visigoda, então submetida a um nítido processo de cristianização. De 417 d.C. a 694 d.C., por diversas vezes comunidades judaicas inteiras foram forçadas a se converter ao Cristianismo. Desde então, não apenas o Judaísmo passaria a ser secretamente praticado, como também novas categorias de desvio seriam construídas -a judaização, e novos desdobramentos sociais percebidos -o marranismo. Na base dos comportamentos de resistência às imposições batismais, localiza-se a forte circularidade de princípios libertários e orientações ontológicas de origem talmúdica. A permanência do Talmud entre os conversos colaborou na invenção de novos esquemas de vida comunitária e de exercício da fé no mundo ibérico. Os judeus, forçosamente convertidos ao Cristianismo pelos atos batismais, tornar-seiam então, os principais alvos da política persecutória visigoda. Acusados de uma inalienável judaização, o fenômeno dos conversos visigodos antecipa-nos, em oito séculos, o problema do marranismo na sociedade ibérica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.03.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANCOVSKY, Renata Rozental; NOVINSKY, Anita. Judeus e conversos na Península Ibérica hispano-visigoda: anti-semitismo e marranismo (século VII d.C). 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.
    • APA

      Sancovsky, R. R., & Novinsky, A. (2007). Judeus e conversos na Península Ibérica hispano-visigoda: anti-semitismo e marranismo (século VII d.C). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Sancovsky RR, Novinsky A. Judeus e conversos na Península Ibérica hispano-visigoda: anti-semitismo e marranismo (século VII d.C). 2007 ;
    • Vancouver

      Sancovsky RR, Novinsky A. Judeus e conversos na Península Ibérica hispano-visigoda: anti-semitismo e marranismo (século VII d.C). 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020