Exportar registro bibliográfico

Calibração do Modelo Agrometeorológico da FAOpara a Estimativa da Produtividade Potencial e Real da Cana-de-Açúcar (Saccharum spp) (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: SENTELHAS, PAULO CESAR - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Subjects: CANA-DE-AÇÚCAR; AGROCLIMATOLOGIA; PRODUTIVIDADE
  • Language: Português
  • Abstract: 1. Objetivos O objetivo desse trabalho foi calibrar o modelo da Zona Agroecológica (MZA) preconizado pela FAO para a estimativa das produtividades potencial e real da cultura da cana-de-açúcar, em função de dados meteorológicos e da disponibilidade de água nos solos do município de Jaú, SP, no período que compreendeu as safras de 98/99 a 01/02, de modo a se obter uma ferramenta capaz de auxiliar na previsão da safra da referida cultura com razoável antecedência. 2. Material e Métodos Para a análise do modelo foram utilizados dados de produção de cana-de-açúcar (t.ha-'sob -1'de colmo) das variedades RB7254, SP801842 e SP801816, das áreas pertencentes ao Grupo COSAN S/A, localizadas em Jaú, SP. Os dados meteorológicos (temperatura do ar, insolação e chuva), obtidos junto ao Sistema Agritempo, foram utilizados para estimar as produtividades potencial (PP) e real (PR) da cultura, por meio do Método das Zonas Agroecológicas (MZA), preconizado pela FAO (Sentelhas et al., 2000). O modelo foi calibrado para a estimativa da PP por meio do ajuste do coeficiente de respiração de manutenção (Cresp) e para a estimativa da PR pelo ajuste do coeficiente sensibilidade ao déficit hídrico (Ky). A PR foi depreciada de acordo com a deficiência hídrica relativa (1-ETr/ETc) de acordo com a equação:PR [1 Ky *(1 ETr / ETc)]* PP Além disso, coeficientes relativos à variedade foram introduzidos ao modelo de PR, de modo a caracterizar as diferenças entre elas. A PR estimada foicomparada à observada pela diferença percentual e pela análise de regressão. 3. Resultados Os valores de PR estimada, quando comparados com os valores observados, mostraram erros de -3% a 8% (Tabela 1). Os dados de produtividade estimados apresentaram elevado grau de relação com os dados observados, como mostra a Figura 1, especialmente para as produtividades observadas acima da média obtida no Estado de São Paulo. 4. Conclusões O MZA mostrou desempenho satisfatório para a estimativa da produtividade real da cana-de-açúcar em Jaú, SP, mostrando-se uma ferramenta útil em estudos de viabilidade da cultura e dos riscos climáticos associados a ela.
  • Imprenta:
  • Source:
  • Conference titles: Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, M C; OEHINGER, E B; MARIN, F R; SENTELHAS, Paulo Cesar. Calibração do Modelo Agrometeorológico da FAOpara a Estimativa da Produtividade Potencial e Real da Cana-de-Açúcar (Saccharum spp). Anais.. São Paulo: USP, 2006.
    • APA

      Santos, M. C., Oehinger, E. B., Marin, F. R., & Sentelhas, P. C. (2006). Calibração do Modelo Agrometeorológico da FAOpara a Estimativa da Produtividade Potencial e Real da Cana-de-Açúcar (Saccharum spp). In Agropecuária; resumos. São Paulo: USP.
    • NLM

      Santos MC, Oehinger EB, Marin FR, Sentelhas PC. Calibração do Modelo Agrometeorológico da FAOpara a Estimativa da Produtividade Potencial e Real da Cana-de-Açúcar (Saccharum spp). Agropecuária; resumos. 2006 ;
    • Vancouver

      Santos MC, Oehinger EB, Marin FR, Sentelhas PC. Calibração do Modelo Agrometeorológico da FAOpara a Estimativa da Produtividade Potencial e Real da Cana-de-Açúcar (Saccharum spp). Agropecuária; resumos. 2006 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021