Exportar registro bibliográfico

A assistência em saúde mental: os sentidos de uma prática em construção (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: BRÊDA, MÉRCIA ZEVIANI - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERP
  • Subjects: SERVIÇOS DE SAÚDE MENTAL; ASSISTÊNCIA À SAÚDE; CONSTRUCIONISMO SOCIAL; DESINSTITUCIONALIZAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa tem como objetivo investigar os sentidos construídos acerca da assistência prestada e recebida em Hospital Psiquiátrico e em Centro de Atenção Psicossocial, sob a ótica de usuários e profissionais de saúde deste último. Para tanto, adota a Estratégia Qualitativa de Pesquisa, dentro das perspectivas teóricas da pós-modernidade, do social construcionismo e da desinstitucionalização. Seus resultados foram ordenados sob dois eixos temáticos e respectivas categorias que emergiram da fala dos sujeitos. Seguindo a trajetória histórica da assistência em saúde mental, o primeiro eixo temático diz respeito à assistência em Hospital Psiquiátrico e, o segundo em serviço substitutivo do tipo CAPS. Em relação ao primeiro, na ótica dos usuários, este espaço assistencial é tido como aprisionamento, onde vêem perdida a sua autonomia e obrigados a seguir normas rígidas e repetitivas; espaço pobre em relações, afeto e escuta, mas rico em produção de violência. Para estes mesmos sujeitos, o CAPS surge como uma porta que se abre às relações, aos contratos, à convivência mais estreita e respeitosa, com possibilidades que podem ser ativadas para a maior compreensão da pessoa que vivencia o sofrimento psíquico e melhoria da assistência recebida. Entre os profissionais, apesar das experiências negativas no processo de formação em Hospital Psiquiátrico, há a defesa da sua manutenção para o atendimento do usuário em crise. Por outro lado, o CAPS, para a maioria destesprofissionais, é uma nova e criativa experiência, com aprendizados e faltas sentidas que se traduzem ainda num processo incipiente, porém, em construção de uma nova prática em saúde mental. Ao final, é realizada uma análise das dimensões políticas, históricas e culturais locais que condicionam os sentidos produzidos acerca da assistência em saúde no serviço substitutivo em questão e, são apontados desafios a serem superados; responsabilidades a serem ) compartilhadas e, caminhos possíveis e necessários para a mudança paradigmática
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.10.2006
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRÊDA, Mércia Zeviani; PEREIRA, Maria Alice Ornellas. A assistência em saúde mental: os sentidos de uma prática em construção. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-15012007-172130/ >.
    • APA

      Brêda, M. Z., & Pereira, M. A. O. (2006). A assistência em saúde mental: os sentidos de uma prática em construção. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-15012007-172130/
    • NLM

      Brêda MZ, Pereira MAO. A assistência em saúde mental: os sentidos de uma prática em construção [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-15012007-172130/
    • Vancouver

      Brêda MZ, Pereira MAO. A assistência em saúde mental: os sentidos de uma prática em construção [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-15012007-172130/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021