Exportar registro bibliográfico

Atividade neurobiológica e caracterização química da peçonha da vespa social Polybia occidentalis (Hymenoptera, Vespidae): dentificação de peptídeos antinociceptivos e anticonvulsivantes (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: MORTARI, MÁRCIA RENATA - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: VESPIDAE; TOXINAS EM ANIMAL; ANTICONVULSIVANTES
  • Language: Português
  • Abstract: As peçonhas de vespas e aranhas têm sido consideradas importantes fontes de compostos neuroativos. No entanto, diversas moléculas com potencialidades neurofarmacológicas ainda permanecem desconhecidas, principalmente devido à escassez de estudos focalizando os compostos neuroativos presentes nas peçonhas de vespas e aranhas neotropicais. No Sistema Nervoso Central (SNC), estas moléculas podem atuar em diferentes alvos neuroniais (receptores, transportadores e canais iônicos) e têm sido utilizadas como ferramentas para o estudo de doenças neurológicas, bem como para o desenvolvimento de novas drogas-modelo no tratamento de epilepsia e dor crônica. Sendo assim, os objetivos do presente estudo foram avaliar a atividade neurobiológica da peçonha bruta e desnaturada da vespa social Polybia occidentalis, bem como identificar e caracterizar os compostos que apresentaram efeitos anticonvulsivantes e antinociceptivos, quando injetados no SNC de ratos. Primeiramente, a neurotoxicidade da peçonha bruta foi avaliada. Verificou-se que esta peçonha produziu crises convulsivas e mortes, aproximadamente 45 min após sua administração. A ocorrência destas crises foi relacionada à presença de compostos de alta massa molecular (enzimas ou outras proteínas), que perderam a atividade após o processo de desnaturação ou foram retidos pela ultrafiltração. Após a desnaturação, a peçonha (PoDv) apresentou um forte efeito inibitório. Houve uma redução nos comportamentos exploratório,autolimpeza e elevação, bem como uma diminuição na atividade locomotora espontânea. No teste de indução de crise por convulsivantes químicos, a PoDv produziu um acentuado efeito anticonvulsivante, apresentando uma grande variação em sua efetividade. A PoDv foi mais efetiva contra crises induzidas por ácido caínico, e seguida por bicuculina, picrotoxina e PTZ (pentilenotetrazol). Após duas etapas de purificação, isolou-se um primeiro peptideo neuroativo, posteriormente denominado "Occidentalina-1202" (Glu-Gln-Tyr-Met-Val-Ala-Phe-Trp-Met-N'H IND. 2'), que se mostrou efetivo em bloquear crises induzidas por ácido caínico e PTZ ('ED IND. 50' = 0,06 (0,02 – 1,16) 'mü'g/'mü'L e 0,51 (0,3 – 0,75) 'mü'g/'mü'L, respectivamente). Além do efeito anticonvulsivante, a PoDv também apresentou um potente efeito antinociceptivo, quando injetada por via i.c.v. (intracerebroventricular) em ratos. Este efeito foi observado aos 20, 30 e 60 min após a injeção. Posteriormente à purificação, foi identificado o peptídeo 'Thr POT. 6'-Bradicinina (Arg-Pro-Pro-Gly-Phe-Thr-Pro-Phe-Arg-OH), pertencente à classe das neurocininas. Os dados do presente trabalho demonstraram que a 'Thr POT. 6' - BK posssui um potente efeito antinociceptivo, quando injetada diretamente no SNC de ratos, nos testes algesímetros hot-plate e tail-flick. A 'Thr POT. 6' - BK se mostrou aproximadamente duas vezes mais potente que a morfina e a bradicinina, sendo seu efeito revertido pelainjeção concomitante de antagonista de receptor 'B IND. 2'. O estudo de compostos neuroativos de baixa massa molecular da peçonha da vespa P. occidentalis revelou a presença de peptídeos com potencialidade para serem utilizados como ferramentas no estudo da transmissão neural e na bioprospecção de novos fármacos para o tratamento de doenças neurológicas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.02.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MORTARI, Márcia Renata; SANTOS, Wagner Ferreira dos. Atividade neurobiológica e caracterização química da peçonha da vespa social Polybia occidentalis (Hymenoptera, Vespidae): dentificação de peptídeos antinociceptivos e anticonvulsivantes. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Mortari, M. R., & Santos, W. F. dos. (2007). Atividade neurobiológica e caracterização química da peçonha da vespa social Polybia occidentalis (Hymenoptera, Vespidae): dentificação de peptídeos antinociceptivos e anticonvulsivantes. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Mortari MR, Santos WF dos. Atividade neurobiológica e caracterização química da peçonha da vespa social Polybia occidentalis (Hymenoptera, Vespidae): dentificação de peptídeos antinociceptivos e anticonvulsivantes. 2007 ;
    • Vancouver

      Mortari MR, Santos WF dos. Atividade neurobiológica e caracterização química da peçonha da vespa social Polybia occidentalis (Hymenoptera, Vespidae): dentificação de peptídeos antinociceptivos e anticonvulsivantes. 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021