Exportar registro bibliográfico

Quimitaxonomia e fitoquímica de espécies da tribo Heliantheae (Asteraceae) e emprego de quimioinformática em elucidação estrutural (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: STEFANI, RICARDO - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 593
  • Subjects: COMPOSITAE; QUIMIOTAXONOMIA; REDES NEURAIS
  • Keywords: Asteraceae; Elucidação estrutural; Heliantheae; Lactonas sesquiterpênicas; Quimioinformática; Redes neurais artificiais; Artificial neural networks; Chemoinformatics; Sesquiterpene lactones; Structure Elucidation
  • Language: Português
  • Abstract: A química de produtos naturais sempre foi uma fonte importante de novas substâncias e de substâncias bioativas. No mundo moderno. o homem utiliza os produtos naturais para diversos fins: corantes. edulcorantes. essências. defensivos agrícolas e principalmente medicamentos. Com o desenvolvimento das técnicas de isolamento de substâncias, cresceu a necessidade de organizar as informações obtidas e também a criação de meios para a identificação mais rápida das substâncias isoladas. Esta foi uma das necessidades que fez surgir a Quimioinformática. Quimioinformática é uma disciplina que utiliza os métodos da informática para organizar dados químicos. analisar estes dados e gerar novas informações a partir deles. Esta ferramenta tem sido utilizada com sucesso em procura por novas drogas, (QSAR/QSPR). elucidação estrutural automatizada de substâncias orgânicas e em cálculos e previsão de propriedades físico-químicas de diversas moléculas. Os objetivos do presente trabalho foram o estudo fitoquímico de espécies dos gêneros Dimerostemma e Ichthyothere com o intuito de isolar novas substâncias e o desenvolvimento de técnicas envolvendo quimioinformática com o intuito de auxiliar a elucidação estrutural de produtos naturais. Realizou-se a técnica de microamstragem de tricomas glandulares de diversas espécies pertencentes a gêneros da tribo Heliantheae (Viguiera. Tithonia. Dimerostemma). Através da microamostragem foi possível identificar diversas substâncias presentesnos tricomas glandulares das espécies analisadas. Das duas espécies de Dimerostemma investigadas (D. brasilianum e D. rotundifolium) foi possível identificar dois germacrolidos e dois eudesmanolidos. enquanto que de Ichthyothere terminalis foi possível a identificação de dois melampolidos, todos eles lactonas sesquiterpênicas (LSTs). Foram treinadas redes neurais artificiais para a realização da identificação dos esqueletos carbônicos dedeterminadas substâncias a partir dos dados obtidos através dos espectros de RMN 'ANTIPOT. 13 C', sendo que os resultados obtidos podem ser considerados satisfatórios. Foi desenvolvido um software para efetuar a identificação automática de substâncias através da comparação com dados de uma biblioteca de substâncias que possui dados cromatográficos de 51 lactonas sesquiterpênicas. Esse software, chamado de NAPROSYS, também é capaz de fazer comparação de dados de RMN de amostra com dados de RMN presentes em uma biblioteca de dados. tornando possível a identificação imediata de substâncias presentes na biblioteca e também auxiliar a elucidação estrutural de substâncias que não estão nela presentes. Para testar a eficiência do NAPROSYS, o programa foi utilizado com sucesso para identificar LSTs através da microamostragem de tricomas glandulares. A eficiência do NAPROSYS em identificar dados de RMN de substâncias presentes na planta foi testada com substâncias isoladas do gênero Tithonia e Viguiera que possuemsubstâncias bem descritas na literatura e já isoladas no nosso laboratório, sendo que os resultados apresentados foram excelentes. Criou-se também dois modelos de redes neurais para prever tempos de retenção de LSTs em cromatografia líquida (QSRR) com o objetivo de melhorar o desempenho do NAPROSYS em análises de dados cromatográficos. Os resultados para este caso, embora coerentes, precisam ser melhorados. Neste trabalho concluímos que o uso das técnicas clássicas juntamente com as novas técnicas de quimoinformática pode se tornar uma ferramenta muito eficaz para a elucidação estrutural e busca de substâncias com determinadas propriedades químicas ou mesmo na bioprospecção de novas substâncias bioativas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.12.2006
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      STEFANI, Ricardo; COSTA, Fernando Batista da. Quimitaxonomia e fitoquímica de espécies da tribo Heliantheae (Asteraceae) e emprego de quimioinformática em elucidação estrutural. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-04062009-151139/ >.
    • APA

      Stefani, R., & Costa, F. B. da. (2006). Quimitaxonomia e fitoquímica de espécies da tribo Heliantheae (Asteraceae) e emprego de quimioinformática em elucidação estrutural. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-04062009-151139/
    • NLM

      Stefani R, Costa FB da. Quimitaxonomia e fitoquímica de espécies da tribo Heliantheae (Asteraceae) e emprego de quimioinformática em elucidação estrutural [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-04062009-151139/
    • Vancouver

      Stefani R, Costa FB da. Quimitaxonomia e fitoquímica de espécies da tribo Heliantheae (Asteraceae) e emprego de quimioinformática em elucidação estrutural [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-04062009-151139/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021