Exportar registro bibliográfico

Efeitos da história de aquisição de relações condicionais entre estímulos sobre a formação de classes de estímulos equivalentes (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: RUBIO, ADRIANA REGINA - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: ANÁLISE DO COMPORTAMENTO; APRENDIZAGEM POR DISCRIMINAÇÃO; MATCHING TO SAMPLE; DISCRIMINAÇÃO; EQUIVALÊNCIA DE ESTÍMULOS
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo teve por objetivo relacionar a acurácia em cada tentativa de treino e teste em função do número de reforços e tipos de escolhas apresentados pelos participantes durante a aquisição e a emergência de cada tipo de relação condicional. Cinco participantes adultos foram submetidos ao procedimento de Matching to Sample arbitrário com três conjuntos (A, B, C) de seis estímulos cada. Inicialmente foi realizado o treino de doze relações condicionais (A1B1, A2B2, A3B3, A4B4, A5B5, A6B6, B1C1, B2C2, B3C3, B4C4, B5C5, B6C6) e a uma fase de testes de equivalência, simetria e transitividade. A análise de dados foi realizada a partir dos resultados do treino de relações condicionais apresentados em Rubio (2002) no que se refere às diferentes freqüências de reforçamento e aquisição das relações condicionais treinadas. Os resultados dos testes mostraram formação de classes de estímulos equivalentes apenas para os Participantes AAG, FO e CTB. O Participante SMS apresentou emergência das relações simétricas e transitivas e o participante GCG apresentou emergência apenas da relação simétrica. A análise do total de reforços recebidos no treino de cada uma das relações condicionais mostrou que não podemos predizer, por meio desta medida, a emergência ou não das relações derivadas deste treino. Muitas vezes, uma alta acurácia obtida em um determinado tipo de relação condicional treinada não gera, necessariamente, alta acurácia nos testes para asrelações derivadas deste treino. A análise da relação entre as respostas de escolha (correta e incorreta), por cada participante, para cada estímulo de comparação apresentado durante o treino de relações condicionais e os testes de equivalência e transitividade, mostrou que as respostas de escolha incorretas emitidas pelos participantes durante não necessariamente se correlacionam com as respostas de escolha incorretas durante os testes. Pode-se dizer que diferentes Topografias de Controle de Estímulos atuaram ao longo do treino e testes, no entanto, no presente estudo não foi possível identificá-las. A análise molecular de dados realizada no presente estudo vem colaborar para a compreensão dos resultados negativos descritos da literatura de formação de classes de estímulos equivalentes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.12.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RUBIO, Adriana Regina; TOMANARI, Gerson Yukio. Efeitos da história de aquisição de relações condicionais entre estímulos sobre a formação de classes de estímulos equivalentes. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.
    • APA

      Rubio, A. R., & Tomanari, G. Y. (2006). Efeitos da história de aquisição de relações condicionais entre estímulos sobre a formação de classes de estímulos equivalentes. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Rubio AR, Tomanari GY. Efeitos da história de aquisição de relações condicionais entre estímulos sobre a formação de classes de estímulos equivalentes. 2006 ;
    • Vancouver

      Rubio AR, Tomanari GY. Efeitos da história de aquisição de relações condicionais entre estímulos sobre a formação de classes de estímulos equivalentes. 2006 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021