Exportar registro bibliográfico

Rendimento e cor de selênio e seus compostos na coloração de vidros sodo-cálcicos (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: FELISBERTO, CAMILA BENINI - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PMT
  • Subjects: SELÊNIO; VIDRO
  • Language: Português
  • Abstract: O vidro possui uma falta de ordenação em seus arranjos atômicos. O vidro é constituído de sílica SiO2 e óxidos que alteram as propriedades da sílica fornecendo resistência e durabilidade. A sílica sozinha é incolor no vidro, a areia contêm ferro como impureza que fornece ao vidro uma cor esverdeada. Pela adição de outros ingredientes na composição do vidro, é possível compensar a cor esverdeada e produzir um vidro "incolor". Muitos ingredientes são conhecidos como descolorantes, e o mais comum é o dióxido de manganês, que foi substituído pelo selênio devido a foto-oxidação do manganês. A cor rosa do selênio no vidro é conhecida há muito tempo, mas era difícil de ser reproduzida. A pobre reprodutibilidade, a baixa intensidade do rosa do selênio, sua tendência a se volatilizar e fornecer cores marrons durante o recozimento, todos estes fatores foram responsáveis pelo pouco interesse no selênio como colorante no vidro. O interesse surgiu, quando a indústria de vidro conseguiu desenvolver tonalidades vermelhas e alaranjadas no vidro. O selênio é encontrado em pequenas quantidades na natureza, daí seu alto custo. Do selênio colocado na composição do vidro, quase 80% é vaporizado ou reage formando selênio incolor. Atualmente selênio metálico é adicionado como matéria-prima para formar a cor rosa. Como o vidro é composto de óxidos, na fusão ocorrem reações de óxido-redução que alteram a valência do selênio metálico adicionado. Este estudo é dedicado à fixação da coloração pela adição de compostos de selênio como matéria-prima, reduzindo a volatilização e o custo da matéria-prima.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.11.2006
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FELISBERTO, Camila Benini; TOFFOLI, Samuel Márcio. Rendimento e cor de selênio e seus compostos na coloração de vidros sodo-cálcicos. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-19042007-141556/ >.
    • APA

      Felisberto, C. B., & Toffoli, S. M. (2006). Rendimento e cor de selênio e seus compostos na coloração de vidros sodo-cálcicos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-19042007-141556/
    • NLM

      Felisberto CB, Toffoli SM. Rendimento e cor de selênio e seus compostos na coloração de vidros sodo-cálcicos [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-19042007-141556/
    • Vancouver

      Felisberto CB, Toffoli SM. Rendimento e cor de selênio e seus compostos na coloração de vidros sodo-cálcicos [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-19042007-141556/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020